Caracterização de pacientes atendidos em um serviço de queimados e atitudes no momento do acidente

Autores

  • Adriana da Costa Gonçalves Universidade de São Paulo, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto
  • Maria Elena Echevarría-Guanilo Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem
  • Natália Gonçalves Universidade de São Paulo
  • Lídia Aparecida Rossi Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Jayme Adriano Farina Junior Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i4.15186

Palavras-chave:

Queimaduras, Atitude, Primeiros Socorros, Enfermagem.

Resumo

Este estudo objetivou caracterizar o perfil de pacientes atendidos em uma Unidade de Queimados e suas atitudes tomadas no momento da queimadura. Dados sociodemográficos e sobre o acidente foram coletados das fichas de atendimento da Seção de Reabilitação, no período de maio 2007 a maio 2008, e analisados no SPSS 18.0, obtendo-se medidas de frequência e de tendência central. Dos 211 pacientes, 62,2% eram homens com 16,5% de área corporal atingida. Álcool e líquidos superaquecidos foram os agentes mais comuns, e o acidente domiciliar, o mais frequente. Apenas 39% dos pacientes tiveram mais de uma atitude após a queimadura; 29,3% não tiveram qualquer atitude e 22,2% referiram ter conhecimento prévio sobre primeiros socorros. Predominaram homens em idade produtiva que agiram com condutas instintivas e imediatas à queimadura, demonstrando desconhecimento sobre atitudes adequadas. O estudo sinaliza a necessidade de ações direcionadas à prevenção e orientação.

Descritores: Queimaduras; Atitude; Primeiros Socorros; Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adriana da Costa Gonçalves, Universidade de São Paulo, Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Fisioterapeuta, Mestre em Bioengenharia. Fisioterapeuta da Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP) da Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: adrianacg_18@hotmail.com.

Maria Elena Echevarría-Guanilo, Universidade Federal de Pelotas, Faculdade de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem. Professora Adjunto da Faculdade de Enfermagem da Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: elena_meeg@hotmail.com.

Natália Gonçalves, Universidade de São Paulo

Enfermeira, Mestre em Enfermagem. Discente do Programa Interunidades de Doutoramento em Enfermagem da Escola de Enfermagem da USP e pela Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP) da USP. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail:  natalia.goncalves@usp.br.

Lídia Aparecida Rossi, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem Fundamental. Professora Titular da EERP/USP. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: rizzardo@eerp.usp.br.

Jayme Adriano Farina Junior, Universidade de São Paulo, Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto

Médico, Cirurgião Plástico, Doutor em Clinica Cirúrgica. Professor Doutor da FMRP/USP. Chefe da Unidade de Queimados do Hospital das Clínicas da FMRP/USP. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: jafarinajr@gmail.com.

Downloads

Publicado

31/12/2012

Como Citar

1.
Gonçalves A da C, Echevarría-Guanilo ME, Gonçalves N, Rossi LA, Farina Junior JA. Caracterização de pacientes atendidos em um serviço de queimados e atitudes no momento do acidente. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2012 [citado 27º de maio de 2022];14(4):866-72. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/15186

Edição

Seção

Artigo Original