Desafios da prática em saúde mental na perspectiva do modo psicossocial: visão de profissionais de saúde

Autores

  • Leandro Barbosa de Pinho Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem
  • Jeferson Rodrigues
  • Luciane Prado Kantorski Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem
  • Agnes Olschowsky Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem
  • Jacó Fernando Schneider Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i1.14352

Palavras-chave:

Saúde Mental, Reforma dos Serviços de Saúde, Política de Saúde

Resumo

Este estudo analisou o discurso sobre a prática de profissionais de saúde mental no modo psicossocial. Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, cujo corpus originou-se da transcrição de entrevistas semiestruturadas, aplicadas a 17 (de um total 25) trabalhadores de um serviço substitutivo em uma cidade da Região Sul do Brasil. O referencial teórico baseou-se em concepções sobre a reforma psiquiátrica e o modo psicossocial. Verificou-se que os trabalhadores apresentam dificuldades sobre o “que fazer” em saúde mental. Apontou-se que algumas profissões conseguem assimilar mais as modificações introduzidas pela reforma, ao contrário de outras, que temem invadir o espaço do outro, ou até mesmo perder o seu núcleo de saber/fazer para outras profissões. Conclui-se que, no Modo Psicossocial, as profissões precisam estar atentas para as mudanças introduzidas, dia a dia, no contexto dos serviços, na realidade da comunidade, nas relações interpessoais e no seu núcleo de saber/fazer.

Descritores: Saúde Mental; Reforma dos Serviços de Saúde; Política de Saúde.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Leandro Barbosa de Pinho, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem Psiquiátrica, Professor Adjunto, Escola de Enfermagem (EENF), Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Porto Alegre, RS, Brasil. E-mail: lbpinho@uol.com.br.

Jeferson Rodrigues

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Porto Alegre, RS, Brasil. E-mail: jef_rod@hotmail.com.

Luciane Prado Kantorski, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Associada, Faculdade de Enfermagem, Universidade Federal de Pelotas. Pelotas, RS, Brasil. E-mail: kantorski@uol.com.br.

Agnes Olschowsky, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Associada, EENF, UFRGS. Porto Alegre, RS, Brasil. E-mail: agnes@enf.ufrgs.br.

Jacó Fernando Schneider, Universidade Federal do Rio Grande do Sul, Escola de Enfermagem

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem, Professor Associado, EENF, UFRGS. Porto Alegre, RS, Brasil. E-mail: jaco_schneider@uol.com.br.

Downloads

Publicado

30/03/2012

Como Citar

1.
Pinho LB de, Rodrigues J, Kantorski LP, Olschowsky A, Schneider JF. Desafios da prática em saúde mental na perspectiva do modo psicossocial: visão de profissionais de saúde. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de março de 2012 [citado 22º de maio de 2022];14(1):25-32. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/14352

Edição

Seção

Artigo Original