Conhecimento de mulheres idosas sobre doenças sexualmente transmissíveis; conhecimento, uso e acesso aos métodos preventivos

Autores

  • Tamires Machado Moreira Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Bibiane Dias Miranda Parreira Universidade Federal do Triângulo Mineiro
  • Mairna Aleixo Diniz Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Sueli Riul da Silva Universidade Federal do Triângulo Mineiro

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i4.13766

Palavras-chave:

Doenças Sexualmente Transmissíveis, Saúde do Idoso, Enfermagem.

Resumo

O presente trabalho trata-se de estudo descritivo, transversal e quantitativo, que teve como objetivos verificar o conhecimento e ocorrência de doenças sexualmente transmissíveis (DST) e o acesso ao tratamento entre mulheres de uma Unidade de Atenção ao Idoso e o entendimento, uso e acesso aos métodos preventivos. A coleta de dados foi realizada por meio de um formulário estruturado com 210 idosas na Unidade de Atenção ao Idoso de Uberaba-MG, e analisada por estatística simples. Identificou-se que 74,8% das mulheres sabiam o que são DST, sendo a mais conhecida a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (94,8%); 12,4% relataram ocorrência de DST, sendo a gonorreia a mais citada (23%). Os sinais e sintomas mais mencionados foram coceira vaginal (65,2%) e corrimento (57,6). A camisinha foi referida como principal método preventivo (80,5%). Contudo, somente 20,6% das sexualmente ativas relataram a sua utilização. Ressalta-se a importância de ações educativas voltadas às DST e métodos preventivos para essa população específica.

Descritores: Doenças Sexualmente Transmissíveis; Saúde do Idoso; Enfermagem.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Tamires Machado Moreira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Acadêmica do curso de graduação em Enfermagem da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM). Uberaba, MG, Brasil. E-mail: tamires_mizi@hotmail.com.

Bibiane Dias Miranda Parreira, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira, Mestre em Atenção à Saúde. Professora Assistente da UFTM. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: bibianedias@yahoo.com.br.

Mairna Aleixo Diniz, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Mestre em Atenção à Saúde. Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Fundamental da Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto da Universidade de São Paulo. Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: mafmtm@yahoo.com.br.

Sueli Riul da Silva, Universidade Federal do Triângulo Mineiro

Enfermeira, Doutora em Enfermagem Fundamental. Professora Associada da UFTM. Uberaba, MG, Brasil. E-mail: sueliriul@terra.com.br.

Downloads

Publicado

31/12/2012

Como Citar

1.
Moreira TM, Parreira BDM, Diniz MA, Silva SR da. Conhecimento de mulheres idosas sobre doenças sexualmente transmissíveis; conhecimento, uso e acesso aos métodos preventivos. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de dezembro de 2012 [citado 28º de maio de 2022];14(4):803-10. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/13766

Edição

Seção

Artigo Original