Papéis, conflitos e gratificações de enfermeiros especialistas em enfermagem psiquiátrica e saúde mental

Autores

  • Raphael Valentino Marques de Lima Prefeitura Municipal de Campinas
  • Luiz Jorge Jorge Pedrão Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Adriana Inocenti Miasso Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto
  • Moacyr Lobo da Costa Junior Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i1.12145

Palavras-chave:

Enfermagem Psiquiátrica, Saúde Mental, Desempenho de Papéis

Resumo

RESUMO

Este estudo descritivo-exploratório de cunho qualitativo teve por objetivo verificar quais os papéis, conflitos e gratificações de enfermeiros especialistas em enfermagem psiquiátrica e saúde mental, pois com as transformações da assistência psiquiátrica nas últimas décadas tornaram-se importantes essas compreensões. Assim, quinze enfermeiros, egressos de um curso de especialização em enfermagem psiquiátrica e saúde mental, responderam a um questionário com esse objetivo, e sua análise foi realizada de forma qualitativa. Os resultados mostraram que a maioria dos entrevistados é jovem, trabalha nessa área desempenhando papéis do enfermeiro e prestando cuidado direto. Constatou-se que esses enfermeiros possuem conflitos, como falta de reconhecimento, sobrecarga e falta de recursos humanos e gratificações, como a melhora do paciente e o reconhecimento profissional. Conclui-se, portanto, que os sujeitos identificam seu papel de especialista exercendo-o com propriedade; seus conflitos se relacionam a aspectos de reconhecimento e estrutura dos serviços; e suas gratificações estão ligadas a fatores de ordem pessoal e qualificação profissional.

Descritores: Enfermagem Psiquiátrica; Saúde Mental; Desempenho de Papéis.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Raphael Valentino Marques de Lima, Prefeitura Municipal de Campinas

Enfermeiro, Discente do Programa de Pós-Graduação em Enfermagem Psiquiátrica – nível Mestrado, Enfermeiro do CAPS III Novo Tempo da Prefeitura Municipal de Campinas. Campinas, SP, Brasil. E-mail: limarvm@usp.br.

Luiz Jorge Jorge Pedrão, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Doutor, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP), Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto, SP, Brasil. E-mail: lujope@eerp.usp.br.

Adriana Inocenti Miasso, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Enfermeira, Doutora em Enfermagem, Professora Doutora, EERP, USP. Ribeirão Preto, SP. E-mail: amiasso@eerp.usp.br.

Moacyr Lobo da Costa Junior, Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto

Estatístico, Doutor em Saúde Pública, Professor Associado, EERP, USP. Ribeirão Preto, SP. E-mail: mlobojr@eerp.usp.br.

Downloads

Publicado

31/03/2012

Como Citar

1.
Lima RVM de, Pedrão LJJ, Miasso AI, Costa Junior ML da. Papéis, conflitos e gratificações de enfermeiros especialistas em enfermagem psiquiátrica e saúde mental. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 31º de março de 2012 [citado 22º de maio de 2022];14(1):59-67. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/12145

Edição

Seção

Artigo Original