Atuação do enfermeiro a usuários de álcool e de outras drogas na Saúde da Família

Autores

  • Luccas Melo de Souza Universidade Luterana do Brasil
  • Maria Getúlia Pinto

DOI:

https://doi.org/10.5216/ree.v14i2.11245

Palavras-chave:

Enfermagem, Drogas Ilícitas, Programa Saúde da Família, Alcoolismo

Resumo

http://dx.doi.org/10.5216/ree.v14i2.11245

Este trabalho trata-se de estudo exploratório-descritivo, com abordagem qualitativa, que objetivou identificar como enfermeiros atuantes na Saúde da Família abordam a temática do álcool e de outras drogas. Foram abordados oito enfermeiros por meio de entrevistas semiestruturadas. A maioria dos entrevistados considera que esse tema está inserido no cotidiano das equipes, pois é um problema de saúde pública, com agravantes sociais. A detecção dos usuários na comunidade é realizada, na maioria das vezes, pelos Agentes Comunitários de Saúde ou pelos familiares dos usuários. A vontade de reabilitação do usuário e o vínculo dele com os profissionais de saúde são indispensáveis para o tratamento. Entre os desafios encontrados está a falta de conhecimento para detectar e assistir os usuários, além da dificuldade de vínculo com eles. Ressalta-se a necessidade de maior capacitação dos enfermeiros da atenção primária para atuarem no tratamento de usuários de álcool e de outras drogas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luccas Melo de Souza, Universidade Luterana do Brasil

Enfermeiro, Doutor em Enfermagem. Professor Adjunto, Universidade Luterana do Brasil. Gravatai, RS, Brasil. E-mail: luccasms@gmail.com.

Maria Getúlia Pinto

Enfermeira. Gravatai, RS, Brasil. E-mail: mgbarcelos@yahoo.com.br.

Downloads

Publicado

30/06/2012

Como Citar

1.
Souza LM de, Pinto MG. Atuação do enfermeiro a usuários de álcool e de outras drogas na Saúde da Família. Rev. Eletr. Enferm. [Internet]. 30º de junho de 2012 [citado 22º de maio de 2022];14(2):374-83. Disponível em: https://revistas.ufg.br/fen/article/view/11245

Edição

Seção

Artigo Original