Teologia da Libertação: problematizando os projetos históricos da democracia e dos direitos humanos

Resumo

A teologia da libertação e o cristianismo de libertação continuam a inspirar movimentos sociais na América Latina. Seguindo a distinção analítica e histórica de Michael Lowy entre cristianismo de libertação (surgido na década de 1950) e a teologia da libertação (surgida na década de 1970), este artigo busca problematizar os projetos históricos de democracia e direitos humanos em relação à práxis do cristianismo de libertação e à reflexão da teologia da libertação. A teologia da libertação emergiu na América Latina durante o período das ditaduras e clamou por libertação. Nem a democracia, nem os direitos humanos foram seu projeto histórico central, mas sim a libertação. Ademais, o cristianismo de libertação, que inclui o legado de Camilo Torres, agora busca ‘defender a democracia’ e ‘apoiar direitos humanos’ nas suas lutas contemporâneas, apesar do fato de o projeto democrático claramente ter decepcionado a maioria dos latino-americanos. Tanto a redemocratização como as “ondas de governos rosas” não foram direcionadas para a libertação. No início do primeiro governo do Partido dos Trabalhadores no Brasil, Frei Betto – um influente teólogo da libertação – disse ‘ganhamos uma eleição, não fizemos uma revolução’. Em diálogo com Ivan Petrella, este artigo sugere que a teologia da libertação precisa ‘ir além’ das grandes narrativas de democracia e direitos humanos para restabelecer um projeto histórico de libertação ligado à ideia de ‘imaginação institucional’ do filósofo brasileiro, Roberto Mangabeira Unger.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Graham McGeoch, Faculdade Unida, Vitória, Espírito Santo, Brasil

Possui graduação em English Literature and Politics - University of Glasgow, Escócia, Reino Unido  e graduação em Teologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie, São Paulo, Brasil. Mestrado em Teologia - University of Edinburgh, Escócia, Reino Unido, e doutorado em Teologia e Ciências da Religião - University of Glasgow, Escócia, Reino Unido.

Publicado
05-08-2020
Como Citar
McGeoch, G. (2020). Teologia da Libertação: problematizando os projetos históricos da democracia e dos direitos humanos. Sociedade E Cultura, 23. https://doi.org/10.5216/sec.v23i.59897
Seção
Dossiê: Cristianismo da libertação e teologia da libertação na América Latina