Potências médias e potências emergentes na economia política internacional: uma aproximação teórico-conceitual

Resumo

 As Relações Internacionais no novo milênio apresentam novos e renovados fluxos de interação entre uma pluralidade considerável de atores e temas. Nesse contexto, uma reflexão mais profunda sobre o poder estatal e as potências emergentes torna-se de extrema relevância. Para tanto, será aqui apresentado o debate teórico sobre o conceito de potências médias e emergentes na Economia Política Internacional. O objetivo é traçar uma revisão teórica que permita delinear algumas considerações sobre as possibilidades e os limites analíticos desses conceitos na contemporaneidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniela Vieira Secches, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Doutora em Relações Internacionais pela Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais. Professora do Departamento de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil.

 

Javier Vadell, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Professor do Departamento de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil.

Leonardo Ramos, Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil

Professor Adjunto III do Departamento de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais, Belo Horizonte, Brasil.

Publicado
19-05-2020
Como Citar
Secches, D. V., Vadell, J., & Ramos, L. (2020). Potências médias e potências emergentes na economia política internacional: uma aproximação teórico-conceitual. Sociedade E Cultura, 23. https://doi.org/10.5216/sec.v23i.59666
Seção
Dossiê: Os poderes emergentes e a ordem mundial contemporânea