REVOLUÇÃO DIGITAL E CENTRALIDADE URBANA: A RELAÇÃO FLUXOS-LUGARES CENTRAIS NO ESTADO DE SANTA CATARINA.

DIGITAL REVOLUTION AND URBAN CENTRALITY: THE RELATIONSHIP BETWEEN CENTRAL FLOWS AND PLACES IN THE STATE OF SANTA CATARINA.

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v44i1.77631

Resumo

No Regic-2018, o sistema urbano passou a ser tratado por um duplo caráter pautado na relação entre lugares e fluxos centrais, que dimensiona a atratividade dos centros urbanos conforme deslocamentos de pessoas para aquisição de bens e serviços e ligações em redes de longa distância. Defendemos que a metodologia para captar os fluxos centrais pode ser aperfeiçoada ao contemplar a criação de trabalho novo característico das tecnologias de informação e comunicação. A partir desse raciocínio, objetivamos compreender complementaridades e diferenciações do sistema urbano considerando parâmetros dos lugares e dos fluxos centrais, tendo Santa Catarina como objeto empírico. Resultados apontam o predomínio dos fluxos centrais em Blumenau, dos lugares centrais em Chapecó e a complementação entre fluxos e lugares centrais em Joinville e, principalmente, em Florianópolis.  

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Fernando Mesquita, Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), Campinas, São Paulo, Brasil, fernando.mesquita@ufsc.br

Geógrafo, Doutor em Geografia pelo Instituto de Geociências, UNICAMP. Pós-Doutorado em Política Científica e Tecnológica. Professor do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Santa Catarina. 

 

Ana Cristina Fernandes, Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), Recife, Pernambuco, Brasil, ana.afernandes@ufpe.br

Possui graduação em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Pernambuco (1981), mestrado em Sociologia pela Universidade Estadual de Campinas (1989) e doutorado em Geografia pela University of Sussex, Inglaterra (1996). É professora titular do Departamento de Geociências da Universidade Federal de Pernambuco

Downloads

Publicado

2024-02-29

Como Citar

MESQUITA, F.; FERNANDES, A. C. REVOLUÇÃO DIGITAL E CENTRALIDADE URBANA: A RELAÇÃO FLUXOS-LUGARES CENTRAIS NO ESTADO DE SANTA CATARINA.: DIGITAL REVOLUTION AND URBAN CENTRALITY: THE RELATIONSHIP BETWEEN CENTRAL FLOWS AND PLACES IN THE STATE OF SANTA CATARINA. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 44, n. 1, 2024. DOI: 10.5216/bgg.v44i1.77631. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/77631. Acesso em: 20 jul. 2024.