DESENVOLVIMENTO HUMANO E POBREZA: DINÂMICAS TERRITORIAIS NO BRASIL PÓS DÉCADA INCLUSIVA

HUMAN DEVELOPMENT AND POVERTY: TERRITORIAL DYNAMIC IN BRAZIL AFTER AN INCLUSIVE DECADE

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v42.74084

Resumo

Resumo

A análise da pobreza no território nacional demanda a compreensão de diferentes escalas analíticas do fenômeno. De início busca-se apresentar o conceito de pobreza como um fenômeno sócio-político, orientado principalmente pelo acesso à renda, que consequentemente reverbera na privação de capacidade dos indivíduos. Em seguida, através da leitura e interpretação de dados secundários o presente artigo propôs o debate das dinâmicas socioespaciais em duas dimensões. A primeira corresponde às disparidades regionais que orientaram o desenvolvimento geográfico desigual do Brasil. Considerando os valores relativos é perceptível a maior incidência da vulnerabilidade social em municípios com baixo padrão demográfico, com maiores índices de população rural e localizados nas Regiões Norte e Nordeste. Ao considerar os principais núcleos urbanos brasileiros observou-se a pobreza se manifestando em dois perfis de paisagens. O primeiro nas características domiciliares dos aglomerados subnormais, caracterizados predominantemente por domicílios com baixos rendimentos, precarização de infraestrutura e dificuldade no acesso à serviços. O segundo refere-se ao crescimento vertiginosos da população em situação de rua, fenômeno que vem deixando de ser tipicamente metropolitano passa a interiorizar nos municípios brasileiros.

Palavras Chaves: Pobreza; Desigualdade regional; Pobreza rural; Pobreza urbana.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2022-12-19

Como Citar

PINHEIRO ALENCAR, D. DESENVOLVIMENTO HUMANO E POBREZA: DINÂMICAS TERRITORIAIS NO BRASIL PÓS DÉCADA INCLUSIVA: HUMAN DEVELOPMENT AND POVERTY: TERRITORIAL DYNAMIC IN BRAZIL AFTER AN INCLUSIVE DECADE. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 42, n. 01, 2022. DOI: 10.5216/bgg.v42.74084. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/74084. Acesso em: 27 maio. 2024.