SIMULAÇÃO DE DESMATAMENTO COM BASE NA INFLUÊNCIA DO AUMENTO E REDUÇÃO DE ÁREAS PROTEGIDAS COM ESTIMATIVA DE EMISSÃO DE CO2

DEFORESTATION SIMULATION BASED ON THE INFLUENCE OF THEINCREASE AND REDUCTION OF PROTECTED AREAS WITH ESTIMATED CO2 EMISSIONS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v43i01.69343

Resumo

O desmatamento de florestas no Brasil é um processo conhecido de muitos anos. Recentemente com um destaque para a Amazônia, uma vez que os outros biomas como a Mata Atlântica já perdeu a grande maioria de sua área. Esse trabalho modelou o uso da terra no município de Itupiranga-PA, a partir de mapas observados entre 1985 e 2018 e simulado até 2030 para um cenário tendencial e dois cenários alternativos, sendo um otimista e outro pessimista sob a influência de áreas de proteção ambiental. A modelagem foi desenvolvida com o uso do software tipo open-source Dinâmica EGO, o qual utiliza modelos estocásticos de Cadeias de Markov, autômatos celulares e pesos de evidência que são calculados para cada variável preditiva aplicada à modelagem. Foi observado a relação de emissão de CO2 com as áreas desmatadas, confirmando a importância na preservação no combate ao efeito estufa e aquecimento do clima.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Warlen Librelon de Oliveira , Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte,Minas Gerais, Brasil, pesquisa@warlenlibrelon.com.br

Acadêmico e pesquisador. Bacharelado na engenharia ambiental no Centro Universitário Newton Paiva em 2010, com pesquisa na área de materiais desenvolvendo um compósito de fibra de coco. Mestrado na engenharia mecânica pela Universidade Federal de Minas Gerais em 2018 com a pesquisa voltada para indústria automobilística na área de engenharia química. Retomando a área de interesse ingresso na academia entrou para o doutorado no Instituto de Geociências, departamento de cartografia da Universidade Federal de Minas Gerais no programa de doutorado em Análise e modelagem de Sistemas Ambientais. Ao longo de sua carreira acadêmica, produziu artigos para revistas científicas e congressos. Lecionou disciplinas como convidado no departamento de engenharia química da Universidade Federal de Minas Gerais e cursos técnicos na área de meio ambiente. Atualmente atua com pesquisas na área de modelagem hidrossedimentológica, modelagem ambiental espacialmente explícita e ciência de dados abarcando modelos numéricos e redes neurais artificiais. O objetivo central é continuar com pesquisa e ingressar na carreira acadêmica.

Marcelo Antonio Nero, Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), Belo Horizonte, Minas Gerais, Brasil, marcelo.nero@gmail.com

Atualmente é Prof. Adjunto C, Nível 04, do Departamento de Cartografia da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), credenciado no Programa de Pós-Graduação em Análise e Modelagem de Sistemas Ambientais (linha de pesquisa de qualidade temática e orientação de mestrados e doutorado), orientador de alunos de iniciação científica, pesquisador/consultor do Laboratório de Geotecnologias (GEOTEC/IGC/UFMG), co-orientador de aluno de mestrado do PPG em Ambiente Construído e Patrimônio Sustentável da UFMG. Além disso, é atualmente revisor de mais de 15 (quinze) periódicos científicos nacionais e internacionais. Realizou pós-doutorado na Universidade de Jaén (Espanha), sob orientação do Prof. Dr. Francisco Javier Ariza López, entre novembro e dezembro de 2021, na área de controle de qualidade de MDTs. Foi Prof. Formador I do Programa de pós-graduação latu sensu de Gestão de Instituições Federais de Educação Superior, subárea de Tecnologias, Universidade Aberta do Brasil (UAB), desde julho de 2019-2020. Adicionalmente, co-orientador de aluno de doutorado no programa de de Pós-Graduação em Engenharia Civil/Informações Espaciais da Universidade Federal de Viçosa (UFV) desde 2017. Foi Prof. Adjunto II do Departamento de Engenharia Cartográfica da Universidade Federal do Pernambuco (UFPE), professor orientador de alunos de iniciação científica e do Programa de Pós Graduação em Ciências Geodésicas e Tecnologia da GeoInformação, coordenador e colaborador de projetos de extensão nessa mesma instituição (2010-2014). Engenheiro Cartógrafo formado pela Faculdade de Ciências e Tecnologia-Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" - FCT-UNESP (1994), mestre em Engenharia pela Escola Politécnica da Universidade de São Paulo - EPUSP (2000), doutorado sanduíche em engenharia pela EPUSP e com estágio na Universidad de Jáen - Espanha (2005), pós- doutorado concluído em março de 2006 pela EPUSP. Pesquisador Nivel V pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP (2006/2007). Foi Diretor Técnico/Comercial na empresa DVP Brasil Geomática e Ambiental Ltda (São Carlos-SP, 2007-2009), Diretor Administrativo da Associação Brasileira dos Engenheiros Cartógrafos - Regional São Paulo - ABEC-SP (2006-2009), Diretor Secretário do Departamento de Agrimensura do Instituto de Engenharia (2006-2009), membro líder da comissão da UFMG para a Associação Brasileira de Normas Técnicas - ABNT da norma de convenções cartográficas nas escalas 1: 10.000 a 1:1.000 e revisão das normas NBR 13133 e 14.166, pesquisador colaborador no Grupo de Estudos de Controle de Qualidade do Departamento de Transportes da EPUSP. Experiência como Prof. Adjunto nas disciplinas de Cartografia e Transportes (2005) aplicadas na graduação em Turismo pela Universidade Metodista de Piracicaba - UNIMEP e como professor de pós-graduação latu-sensu no SENAC-SP, UNIAMERICA (Foz do Iguacu-PR), FAEMA (Ariquemes-RO) e Faculdade Católica de Uberlândia (Uberlândia-MG). Experiência profissional em Cartografia (básica e aplicada), Geoprocessamento, GNSS, SIG, Geomarketing, pesquisa científica, consultoria e afins.

Downloads

Publicado

2023-10-20

Como Citar

OLIVEIRA , W. L. de; NERO, M. A. SIMULAÇÃO DE DESMATAMENTO COM BASE NA INFLUÊNCIA DO AUMENTO E REDUÇÃO DE ÁREAS PROTEGIDAS COM ESTIMATIVA DE EMISSÃO DE CO2: DEFORESTATION SIMULATION BASED ON THE INFLUENCE OF THEINCREASE AND REDUCTION OF PROTECTED AREAS WITH ESTIMATED CO2 EMISSIONS. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 43, n. 01, 2023. DOI: 10.5216/bgg.v43i01.69343. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/69343. Acesso em: 19 abr. 2024.