RACIONALIDADE ETNO-SOCIOAMBIENTAL: UMA MATRIZ PROPOSTA AO CONTROLE AMBIENTAL DA ATIVIDADE DE MINERAÇÃO NA AMAZÔNIA

ETHNO-SOCIO-ENVIRONMENTAL RATIONALITY: A MATRIX PROPOSED FOR THE ENVIRONMENTAL CONTROL OF MINING ACTIVITIES IN THE AMAZON

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v43i01.69119

Resumo

Considerando-se os diversos impactos associados ao Setor Mineral na Amazônia, discutem-se estratégias de fortalecimento do controle ambiental da mineração na região. A partir da pesquisa bibliográfica, documental e de campo de dois projetos de mineração localizados no Amazonas: a mina do Pitinga, em operação e um empreendimento de exploração de sais de potássio, ainda em fase de licenciamento, apontam-se críticas ao processo de governança ambiental da atividade. No complexo Pitinga, um enclave econômico, há evidências de fragilidades no sistema de licenciamento ambiental. No projeto de mineração do potássio foram identificados impactos socioeconômicos e ambientais, notadamente, em comunidades rurais e populações indígenas desde a fase de pesquisa mineral. De modo a superar as deficiências apontadas, faz-se a proposta da “matriz racionalidade etno-socioambiental” que preconiza o fortalecimento das relações locais de governança.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Daniel Borges Nava, Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (IPAAM), Manaus, Amazonas, Brasil, borgesnavadaniel@gmail.com

Possui graduação em Geologia pela Universidade do Estado do Rio de Janeiro (1990). É mestre e doutor em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia pelo PPG CASA da Universidade Federal do Amazonas (1999/2019). Atualmente é analista ambiental do Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas e professor pesquisador da Central Analítica da EST/UEA. Tem experiência na área de Geociências, com ênfase em Geologia, atuando principalmente nos seguintes temas: recursos minerais, geologia ambiental, Amazônia, geodiversidade e mineração.

Therezinha de Jesus Pinto Fraxe, Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas – Brasil,tecafraxe@uol.com.br

Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Amazonas (1987), Mestrado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (1997) e Doutorado em Sociologia pela Universidade Federal do Ceará (2002). Atualmente é Professora Titular da Universidade Federal do Amazonas, coordenadora do Núcleo de Socioeconomia (NUSEC/FCA/UFAM). Vice-Coordenadora do Programa de Pós-Graduação em Ciências do Ambiente e Sustentabilidade na Amazônia - PPGCASA e é Bolsista de Produtividade Desen. Tec. e Extensão Inovadora 2. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Sociologia e Antropologia, atuando principalmente nos seguintes temas: agricultura familiar, sustentabilidade, campesinato, sistemas agroflorestais e várzea amazônica.

Henrique dos Santos Pereira , Universidade Federal do Amazonas (UFAM), Manaus, Amazonas, Brasil, henrique.pereira.ufam@gmail.com

Professor titular da Faculdade de Ciências Agrárias da Universidade Federal do Amazonas, no campus de Manaus onde atua desde 1985. Possui graduação em Agronomia pela Universidade Federal do Amazonas (1984), mestrado em Biologia (Ecologia) pelo Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia (1992) e doutorado em Ecologia pela The Pennsylvania State University (1999). Ex-superintendente estadual do Ibama para o estado do Amazonas (2003-2009). Professor do curso de graduação em agronomia e de licenciatura em ciência agrárias, dos cursos de mestrado e doutorado em Ciências do Ambiente e em Agronomia tropical e de mestrado profissional em ensino de ciências do ambiente na Ufam e do curso de mestrado profissional em gestão de áreas protegidas na Amazônia no Instituto Nacional de Pesquisas na Amazônia. É coordenador nacional da Rede de Estudos Ambientais dos Países de Língua portuguesa - REALP, desde 2018.. Ex-presidente (2017-2019) e atualmente secretário executivo da Associação Nacional de Pós-graduação e Pesquisa em Ambiente e Sociedade (2019-2023). Membro da Academia Brasileira de Ciências Agronômica desde 2020. Tem experiência na área de Agronomia, com ênfase em Agricultura Familiar, atuando principalmente nos seguintes temas: políticas ambientais, gestão de áreas protegidas, sistema tradicionais de produção e de manejo de recursos de uso coletivo, adaptação de comunidades locais à mudança do clima.

Downloads

Publicado

2023-12-13

Como Citar

BORGES NAVA, D.; DE JESUS PINTO FRAXE, T.; DOS SANTOS PEREIRA , H. RACIONALIDADE ETNO-SOCIOAMBIENTAL: UMA MATRIZ PROPOSTA AO CONTROLE AMBIENTAL DA ATIVIDADE DE MINERAÇÃO NA AMAZÔNIA: ETHNO-SOCIO-ENVIRONMENTAL RATIONALITY: A MATRIX PROPOSED FOR THE ENVIRONMENTAL CONTROL OF MINING ACTIVITIES IN THE AMAZON. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 43, n. 01, 2023. DOI: 10.5216/bgg.v43i01.69119. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/69119. Acesso em: 19 maio. 2024.