ESTIMATIVA POR SENSORIAMENTO REMOTO DAS CONCENTRAÇÕES DE CLOROFILA-A E CARBONO ORGÂNICO TOTAL EM RESERVATÓRIOS DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, A PARTIR DE IMAGENS DO SENSOR OLI/ LANDSAT8.

ESTIMATE OF CHLOROPHYLL-A AND TOTAL ORGANIC CARBON CONCENTRATIONS IN RESERVOIRS IN THE BRAZILIAN SEMI-ARID-CLIMATE REGIONS THROUGH REMOTE SENSING USING OLI/LANDSAT-8 SENSOR IMAGES

Autores

  • Herbster De-Carvalho Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis
  • Prof. Dr. Gustavo Henry-Silva Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v42.67672

Resumo

O objetivo do estudo foi estimar, por meio de sensoriamento remoto (OLI/LANDSATA 8 – LS8), as concentrações de clorofila-a (Cl-a) e carbono orgânico total (COT). Entre 2017 e 2018 foram realizadas seis coletas de amostras de água nos reservatórios de Umari e Mendubim, no semiárido nordestino, para determinação dos valores Cl-a e COT. Foram calculados os coeficientes de correlação entre as bandas espectrais das imagens OLI/LS8 e os valores de Cl-a e COT para selecionar as bandas a serem utilizadas nas regressões lineares simples e múltiplas entre os valores de reflectância e os valores das variáveis limnológicas. Houve correlação entre os dados de campo e os valores estimados a partir da combinação das bandas B4 e B5 para Cl-a (R²=0,87) e B2 e B5 para COT (R²=0,80).  Houve correlação entre os dados obtidos nos reservatórios e os recuperados a partir das imagens OLI/LS8, com coeficientes de correlação de 0,76 para Cl-a e 0,71 para COT em Umari e de 0,78 para Cl-a e 0,72 para COT em Mendubim. Os modelos foram eficientes na estimativa de Cl-a e COT nos ambientes estudados, mostrando a viabilidade no uso de imagens no monitoramento remoto destas variáveis limnológicas em reservatórios do semiárido brasileiro.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Prof. Dr. Gustavo Henry-Silva, Universidade Federal Rural do Semiárido - UFERSA

Formado em Ecologia pela Universidade Estadual Paulista (UNESP-Rio Claro), com mestrado em Biologia de Organismos Aquáticos pelo Centro de Aquicultura da UNESP e doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Aquicultura em Águas Continentais. Professor Associado da Universidade Federal Rural do Semiárido (UFERSA), estando vinculado aos Programas de Pós-Graduação em Ciências Animais (Mestrado e Doutorado) e em Ecologia e Conservação (Mestrado), o qual foi coordenador no período de 2012 a 2015. Atualmente é Bolsista de Produtividade em Pesquisa nível 2 do CNPq, atuando nas áreas de Limnologia e Aquicultura. Coordena o Laboratório de Limnologia e Qualidade de Água do Semiárido e participo do Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio Apodi-Mossoró. De 2009 a 2011 fui Editor-Chefe do Boletim da Associação Brasileira de Limnologia e atualmente é Editor Associado da Acta Limnologica Brasiliensia. Foi um dos Idealizadores do curso de graduação em Ecologia da UFERSA, o qual coordenou no período de 2009 a 2013. Orientou discentes que desenvolveram dezenas de dissertações de mestrado, teses de doutorado e trabalhos de conclusão de curso. Publicou artigos em periódicos nacionais e internacionais, capítulos de livros e dois livros. Em 2015, teve o projeto de extensão intitulado “Gente da Maré: Melhorando as Condições de Vida das Marisqueiras do Nordeste Brasileiro” como um dos três finalista do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social.

Publicado

2022-12-31

Como Citar

DE-CARVALHO, H.; HENRY-SILVA, G. G. . ESTIMATIVA POR SENSORIAMENTO REMOTO DAS CONCENTRAÇÕES DE CLOROFILA-A E CARBONO ORGÂNICO TOTAL EM RESERVATÓRIOS DO SEMIÁRIDO BRASILEIRO, A PARTIR DE IMAGENS DO SENSOR OLI/ LANDSAT8.: ESTIMATE OF CHLOROPHYLL-A AND TOTAL ORGANIC CARBON CONCENTRATIONS IN RESERVOIRS IN THE BRAZILIAN SEMI-ARID-CLIMATE REGIONS THROUGH REMOTE SENSING USING OLI/LANDSAT-8 SENSOR IMAGES. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 42, n. 01, 2022. DOI: 10.5216/bgg.v42.67672. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/67672. Acesso em: 23 maio. 2024.