MICROCENTRALIDADES E A INTEGRAÇÃO URBANA ATRAVÉS DE NOVAS CONEXÕES VIÁRIAS

MICROCENTRALITIES AND URBAN INTEGRATION THROUGH NEW ROAD CONNECTIONS

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v43i01.64421

Resumo

O crescimento geralmente independe das diretrizes de zoneamento ditadas pelo poder publico e ocorre através de um sentimento de apropriação do espaço, ocorrendo muitas vezes áreas de exclusão dentro da comunidade e pode ser demonstrado através da espacialização de dados estatísticos. A Teoria da Sintaxe Espacial é uma das ferramentas que ajuda a simular alterações na configuração urbana e prognosticar as influencias desta alteração. Seria possível, através da analise de sintaxe espacial e das micro centralidades existentes, predicar a melhoraria da integração social e urbana através de novas conexões viárias? Os resultados obtidos mostram que a integração da comunidade é possível, através das ferramentas utilizadas, em uma escala local, permitindo fazer uma prospecção de possíveis evoluções. Este estudo não exauriu a compreensão da evolução da comunidade escolhida, sendo necessário pesquisas mais aprofundada no local. Não foi analisado o aspecto da resistência social ou o impacto das micro centralidades existentes.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Antonio Guarda, Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Florianópolis, Santa Catarina, Brasil, atguarda@gmail.com

Graduação em Geografia pela Universidade Federal de Santa Catarina (2005), Mestrado em Engenharia Civil pela Universidade Federal de Santa Catarina (2010) em Cadastro Técnico Multifinalitário, Doutorado em Arquitetura e Urbanismo pela Universidade Federal de Santa Catarina em Comportamento Ambiental do Espaço Urbano e das Edificações, estágio de doutorado na Universidade Nova de Lisboa, na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas / FCSH em Urbanismo e Planejamento Territorial (2019). Aposentado da Fundação Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, onde atuou por mais de 40 anos, é atualmente Analista e Consultor do UNFPA Angola/INE e UNFPA Brasil/IBGE. Com experiência em Ciência de Dados na área de Geociências, Geocartografia, Geoprocessamento, Geomarketing, Cadastro Técnico Multifinalitário, Cartografia Censitária, Demografia, Planejamento Territorial e Urbano, Cidades Inteligentes, Estatística, e SIG. Atua principalmente com temas relacionados à tomada de decisão, Krigagem, lógica Fuzzy, teoria de Grafos e Processo Analítico Hierárquico (AHP) através de microdados de informações oriundas das pesquisas do IBGE e outros produtores de informações.

Downloads

Publicado

2023-11-02

Como Citar

GUARDA, A. MICROCENTRALIDADES E A INTEGRAÇÃO URBANA ATRAVÉS DE NOVAS CONEXÕES VIÁRIAS: MICROCENTRALITIES AND URBAN INTEGRATION THROUGH NEW ROAD CONNECTIONS. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 43, n. 01, 2023. DOI: 10.5216/bgg.v43i01.64421. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/64421. Acesso em: 28 fev. 2024.