O ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH): AVALIAÇÃO DE SEUS PRESUPOSTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS - DOI 10.5216/bgg.v27i3.6020

Autores

  • Edir de Paiva Bueno Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v27i3.6020

Resumo

Este artigo tem como objetivo demonstrar como o Índice de Desenvolvimento Humano, tem evoluído nos aspectos teóricos, metodológicos e políticos desde a publicação do seu primeiro relatório. Com este objetivo, foi efetuada uma ampla revisão da literatura, tanto na sua forma impressa, quanto na eletrônica, quando se pode notar que havia uma quantidade considerável de estudos tratando da questão, mesmo considerando-se o tempo relativamente curto de publicação dos relatórios. Neste estudo, aqueles trabalhos considerados mais importantes pelas suas abordagens foram avaliados e utilizados em sub-capítulo de Tese de Doutorado que se encontrava em elaboração. Do material inventariado e selecionado mostra-se a seguir, as alterações na metodologia utilizada na elaboração do índice, bem como, quais os pontos positivos e negativos apontados por estudiosos das mais diversas áreas do conhecimento. Estas análises críticas além da importância teórico-prática constituíram interessantes fontes de reflexão sobre a análise da qualidade de vida em Catalão (GO).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-04-22

Como Citar

PAIVA BUENO, E. de. O ÍNDICE DE DESENVOLVIMENTO HUMANO (IDH): AVALIAÇÃO DE SEUS PRESUPOSTOS TEÓRICOS E METODOLÓGICOS - DOI 10.5216/bgg.v27i3.6020. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 27, n. 3, p. 49–69, 2009. DOI: 10.5216/bgg.v27i3.6020. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/6020. Acesso em: 30 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos