ALTERAÇÕES DEMOGRÁFICAS NO ESPAÇO MONTANHOSO DOS CÁRPATOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS MONTANHAS APUSENI (ROMÊNIA), ENTRE 1850 E 2011

DEMOGRAPHIC CHANGES IN CARPATHIAN MOUNTAIN SPACE: A CASE STUDY ON APUSENI MOUNTAINS (ROMANIA), BETWEEN 1850 AND 2011

Autores

  • Lung M?d?lin-Sebastian Babe?-Bolyai University

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v39i0.59168

Resumo

Através deste estudo, queríamos dar ênfase às mudanças demográficas nas Montanhas Apuseni, analisando a evolução numérica da população. O período em questão é entre 1850 e 2011, e devido ao alto calibre temporal decidimos dividir em seis períodos menores. Os dados necessários foram obtidos a partir da consulta de censos populacionais e no site do Instituto Nacional de Estatística. O Microsoft Excel 2013 foi usado para calcular o crescimento demográfico e diminuir os valores. Após a obtenção dos valores, eles foram processados através de Sistemas de Informação Geográfica (programa ArcGis 10.3), finalmente uma série de mapas foram feitas. Durante o estudo, descobrimos que a evolução demográfica estava intimamente relacionada com certas decisões, fenômenos. As atividades no setor mineiro, as reformas administrativas e os regimes políticos em mudança do Socialist ao capitalista eram as causas principais que conduzem ao crescimento demográfico e à diminuição nas Montanhas de Apuseni de 1850-2011. No final do século XX, o componente demográfico começou a enfrentar fenômenos de risco, como a migração da população jovem, o envelhecimento demográfico e o despovoamento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2019-10-19

Como Citar

M?D?LIN-SEBASTIAN, L. ALTERAÇÕES DEMOGRÁFICAS NO ESPAÇO MONTANHOSO DOS CÁRPATOS: UM ESTUDO DE CASO SOBRE AS MONTANHAS APUSENI (ROMÊNIA), ENTRE 1850 E 2011: DEMOGRAPHIC CHANGES IN CARPATHIAN MOUNTAIN SPACE: A CASE STUDY ON APUSENI MOUNTAINS (ROMANIA), BETWEEN 1850 AND 2011. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 39, p. 1–27, 2019. DOI: 10.5216/bgg.v39i0.59168. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/59168. Acesso em: 16 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos