ANÁLISE DAS PRECIPITAÇÕES MENSAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BRIGIDA NO SEMI-ÁRIDO PERNAMBUCANO, USANDO O MÉTODO DE WARDS - DOI 10.5216/bgg.v28i2.5724

Autores

  • José Alegnoberto Leite Fechine Universidade Federal de Pernambuco

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v28i2.5724

Resumo

O objetivo deste trabalho foi o de determinar regiões pluviometricamente homogêneas no âmbito da bacia hidrográfica do rio Brígida, utilizando dados de precipitação mensal de seis estações meteorológicas, com séries amostrais de 29 anos, 1964 a 2006. Os critérios de seleção dos postos foram: que as séries não tivessem falhas e que os anos fossem concomitantes. Com esses critérios foram selecionados os municípios de Parnamirim, Moreilândia, Trindade, Ipubi, Exu, Ouricuri, Araripina, Serrita e Bodocó, localizados na bacia do rio Brígida, semi-árido do estado de Pernambuco. Utilizou-se no estudo o método hierárquico aglomerativo de Ward, tendo como medida de dissimilaridade a distância euclidiana. Os municípios de Moreilândia, Serrita, Parnamirim, Araripina e Bodocó se agruparam e assim possuem quantitativos de índices pluviométricos similares. Esta comprovação mostrou-se necessária para garantir a aderência das análises, onde se objetivou identificar perfis de relacionamento de precipitação entre os municípios analisados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-03-12

Como Citar

LEITE FECHINE, J. A. ANÁLISE DAS PRECIPITAÇÕES MENSAIS DA BACIA HIDROGRÁFICA DO RIO BRIGIDA NO SEMI-ÁRIDO PERNAMBUCANO, USANDO O MÉTODO DE WARDS - DOI 10.5216/bgg.v28i2.5724. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 28, n. 2, p. 75–88, 2009. DOI: 10.5216/bgg.v28i2.5724. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/5724. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos