INCORPORAÇÃO DO LADO MAR À GEOGRAFIA DAS METRÓPOLES NORDESTINAS - DOI 10.5216/bgg.v35i3.38830

Autores

  • Eustógio Wanderley Correia Dantas Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v35i3.38830

Resumo

O artigo discute, a partir do entendimento do delineamento das práticas marítimas no Brasil, a lógica de urbanização litorânea empreendida no final do século XX e início do século XXI no Nordeste. Lida, nestes termos, com a prática da vilegiatura marítima e do turismo litorâneo, responsáveis pela implementação do fenômeno de metropolização a direcionar as principais metrópoles nordestinas (Fortaleza, Natal, Recife e Salvador) as suas zonas de praia.

Palavras-chave: Metrópole, Nordeste, turismo, vilegiatura, lazer, maritimidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2015-12-01

Como Citar

WANDERLEY CORREIA DANTAS, E. INCORPORAÇÃO DO LADO MAR À GEOGRAFIA DAS METRÓPOLES NORDESTINAS - DOI 10.5216/bgg.v35i3.38830. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 3, p. 380–396, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v35i3.38830. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/38830. Acesso em: 13 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos