ENSINO E APRENDIZAGEM EM GEOGRAFIA E OS MOTIVOS DOS ALUNOS: A APOSTA DO/NO LUGAR - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35491

Autores

  • Izabella Peracini Bento Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v35i1.35491

Resumo

Este artigo tem por objetivo promover uma discussão acerca dos motivos dos alunos, com base em “seu lugar”, enquanto uma “aposta” para potencializar o processo de ensino e aprendizagem em Geografia. Com isso, tornase pertinente analisar como o professor, a Geografia e a educação podem contribuir com a formação de cidadãos
conscientes e críticos, capazes de transitar entre os conceitos e as abordagens geográficas que representam as transformações contemporâneas. A categoria lugar vem se constituindo em uma rica ferramenta para o ensino de Geografia, pois está claro que a realidade local relaciona-se com o contexto global, e isso deve ser trabalhado de forma abrangente durante toda a escolaridade. O interesse em trabalhar o lugar como mediação didática no processo de ensino e aprendizagem em Geografia emerge do entendimento de que é possível, a partir do estudo dessa categoria de análise, dimensionar a concretude do mundo no lugar, encontrar os elementos globais no lugar. Estabelecer as relações do próximo com o distante pode levar o aluno a elaborar novas questões sobre o ser e o estar no mundo.
Palavras-chave: ensino-aprendizagem em Geografia, motivação, motivos, lugar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-19

Como Citar

PERACINI BENTO, I. ENSINO E APRENDIZAGEM EM GEOGRAFIA E OS MOTIVOS DOS ALUNOS: A APOSTA DO/NO LUGAR - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35491. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 1, p. 177–193, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v35i1.35491. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/35491. Acesso em: 21 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos