OS BAIRROS DO BRÁS E BOM RETIRO E A METRÓPOLE INFORMACIONAL - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35486

Autores

  • Silvana Cristina da Silva Universidade Federal Fluminense

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v35i1.35486

Resumo

A metrópole de São Paulo destaca-se no território brasileiro pelo seu poder de atração de fixos e fluxos. Ela conforma-se como central do ponto de vista da produção, organização e distribuição de informação. Daí a denominação metrópole informacional. Entretanto, apresentamos neste artigo alguns elementos da metrópole
de São Paulo, como as transformações dos bairros do Brás e Bom Retiro ao longo do tempo, indicando que a metrópole continua sendo centro de produção fabril, inclusive de ramos tradicionais. Esses bairros, apesar da obsolescência para as atividades quaternárias, são lugares dinâmicos e atraem fluxos de todo o território nacional, em virtude da especialização produtiva no ramo do vestuário, destacadamente nas etapas da costura e do comércio. Dessa forma, objetivamos mostrar que o envelhecimento dos primeiros bairros da metrópole não
significou decadência ou deterioração perante os novos papéis da metrópole de São Paulo.
Palavras-chave: Brás e Bom Retiro, São Paulo, metrópole informacional, circuito inferior.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-19

Como Citar

CRISTINA DA SILVA, S. OS BAIRROS DO BRÁS E BOM RETIRO E A METRÓPOLE INFORMACIONAL - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35486. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 1, p. 91–113, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v35i1.35486. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/35486. Acesso em: 22 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos