GEOTECNOLOGIAS APLICADAS À ANÁLISE ESPAÇOTEMPORAL DO USO E DA OCUPAÇÃO DA TERRA NA PLANÍCIE COSTEIRA DE CARAVELAS (BA) - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35485

Autores

  • Sirius Oliveira Souza Universidade Estadual de Campinas

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v35i1.35485

Resumo

O objetivo deste artigo é diagnosticar as principais formas de uso e ocupação da terra na Planície Costeira de Caravelas, no extremo sul da Bahia, ao longo dos anos de 1984, 1991, 2006 e 2011. Sua área é de aproximadamente 580 km², localizada entre os paralelos 17°37’52”S e 17°51’44”S e os meridianos 39°22’7” e 39°12’7.11” W de Greenwich. Para este diagnóstico, foram utilizadas como base as imagens orbitais do Satélite Landsat-TM, posteriormente integradas e processadas no Sistema de Informação Geográfica, pelo software ArcGis, por meio da classificação híbrida. Os resultados comprovam a gradativa expansão da área agrícola, da área urbana e da
pastagem. Paralelamente há a redução das áreas ocupadas pelos corpos d’água e pelos Manguezais e brejos. O mapeamento realizado pretende contribuir com os estudos de evolução da paisagem e subsidiar melhores propostas de planejamento para o uso e a ocupação da terra nessa planície.
Palavras-chave: uso e ocupação da terra, classificação híbrida, Caravelas, geotecnologias.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-19

Como Citar

OLIVEIRA SOUZA, S. GEOTECNOLOGIAS APLICADAS À ANÁLISE ESPAÇOTEMPORAL DO USO E DA OCUPAÇÃO DA TERRA NA PLANÍCIE COSTEIRA DE CARAVELAS (BA) - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35485. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 1, p. 71–89, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v35i1.35485. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/35485. Acesso em: 21 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos