TRAJETÓRIA FORMATIVA E PRÁTICA DOCENTE DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA EM JOÃO PESSOA (PB) - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35483

Autores

  • Antonio Carlos Pinheiro Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v35i1.35483

Resumo

Esse artigo é parte de uma investigação realizada com professores do ensino fundamental na Paraíba, entre 2012 e 2014. O problema relaciona-se ao controle do tempo-espaço escolar e da aprendizagem, exercida pelo professor e condicionada por uma permanência de práticas tradicionais que dificultam a flexibilização curricular.
Embora existam várias propostas inovadoras no cotidiano da escola na atualidade, o controle do tempo-espaço e da aprendizagem promove pouca autonomia para ensinar e aprender entre professores e alunos. A Metodologia Autobiográfica foi utilizada na pesquisa, em especial, a modalidade História de Vida, com o objetivo de conhecer
a formação escolar e acadêmica para refletir sobre a prática docente atual por meio do relato dos professores. O objeto de estudo são as suas narrativas.
Palavras-chave: ensino de Geografia, prática docente, História de Vida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-03-19

Como Citar

CARLOS PINHEIRO, A. TRAJETÓRIA FORMATIVA E PRÁTICA DOCENTE DE PROFESSORES DE GEOGRAFIA EM JOÃO PESSOA (PB) - DOI 10.5216/bgg.v35i1.35483. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 35, n. 1, p. 37–51, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v35i1.35483. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/35483. Acesso em: 17 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos