TENDÊNCIA DO NÚMERO DE DIAS DE CHUVA NO ESTADO DE GOIÁS E A RELAÇÃO DOS SEUS EXTREMOS COM O ÍNDICE OCEÂNICO NIÑO - DOI 10.5216/bgg.v34i3.33867

Autores

  • Vanessa Romero Instituto Federal de Goiás
  • Francisco Fernando Noronha Marcuzzo Companhia de Pesquisa de Recursos Minerais/Serviço Geológico do Brasil
  • Murilo Raphael Dias Cardoso DBO Engenharia

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v34i3.33867

Resumo

Os parâmetros determinantes da precipitação pluviométrica, como o Número de Dias de Chuva (NDC), são de grande importância em estudos geográficos e ambientais, visando um melhor entendimento do clima de uma região. Com o objetivo de analisar o NDC mensal e anual no estado de Goiás, realizou-se um estudo de sua tendência ao longo do tempo e a possível correlação de seus extremos com o fenômeno El Niño Oscilação Sul quando a intensidade deste é moderada ou forte. Foram utilizadas médias mensais e anuais do NDC das séries históricas de dados pluviométricos obtidos da Rede Hidrometeorológica Nacional, da Agência Nacional de Águas e do Serviço Geológico do Brasil. Para o tratamento estatístico calcularam-se as médias temporais do número de dias com precipitação de 88 estações pluviométricas com 30 anos de dados e 26 estações com dados de 20 a 29 anos distribuídas no estado de Goiás. Como resultado final, para o período de 30 anos de dados estudados, verificou-se que houve uma tendência de diminuição média do NDC anual em Goiás de -6,1%.

Palavras-chave: NDC, La Niña, El Niño, ENOS, precipitação pluviométrica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2015-01-10

Como Citar

ROMERO, V.; FERNANDO NORONHA MARCUZZO, F.; RAPHAEL DIAS CARDOSO, M. TENDÊNCIA DO NÚMERO DE DIAS DE CHUVA NO ESTADO DE GOIÁS E A RELAÇÃO DOS SEUS EXTREMOS COM O ÍNDICE OCEÂNICO NIÑO - DOI 10.5216/bgg.v34i3.33867. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 34, n. 3, p. 567–584, 2015. DOI: 10.5216/bgg.v34i3.33867. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/33867. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos