CIRCULAÇÃO TERRITORIAL E CIRCUITOS ESPACIAIS DA PRODUÇÃO: UMA ANÁLISE SOBRE AS OPERAÇÕES LOGÍSTICAS EM JUNDIAÍ/SP - DOI 10.5216/bgg.v34i1.29319

Autores

  • Rafael Oliveira Fonseca Universidade de São Paulo

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v34i1.29319

Resumo

A circulação, como elemento intrínseco aos processos produtivos e elo fundamental entre os locais de produção e de consumo dos produtos, recebe cada vez mais importância e atenção dos agentes hegemônicos corporativos e do Estado. Nesse cenário, o espaço geográfico é (re)organizado em virtude, dentre outros fatores,
das demandas econômicas de agentes atrelados a diversos circuitos espaciais da produção, que demandam a execução de operações logísticas mais eficazes e lucrativas. Assim, este trabalho busca elencar o município de Jundiaí, no interior do Estado de São Paulo, e seu papel atual como importante nó das redes de operações
logísticas que perpassam pelo território na atualidade, destacando as operações em dois importantes agentes privados localizados no município.

Palavras-chave: circulação territorial, logística, circuitos espaciais da produção, Jundiaí.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-04-05

Como Citar

OLIVEIRA FONSECA, R. CIRCULAÇÃO TERRITORIAL E CIRCUITOS ESPACIAIS DA PRODUÇÃO: UMA ANÁLISE SOBRE AS OPERAÇÕES LOGÍSTICAS EM JUNDIAÍ/SP - DOI 10.5216/bgg.v34i1.29319. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 34, n. 1, p. 133–152, 2014. DOI: 10.5216/bgg.v34i1.29319. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/29319. Acesso em: 18 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos