ANÁLISE DAS PERDAS DE ÁGUA E SOLO EM UM VERTISSOLO CROMADO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO - DOI 10.5216/bgg.v32i2.21079

Autores

  • Richarde Marques da Silva Universidade Federal da Paraíba
  • Celso Augusto Guimarães Santos Universidade Federal da Paraíba

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v32i2.21079

Resumo

A erosão dos solos é uma das principais preocupações relacionadas ao manejo de solos tropicais, e oescoamento superficial, o responsável pelo transporte e deposição desses sedimentos. Diante desse fato, opresente trabalho busca descrever as perdas de água e solo em parcelas de erosão na Bacia Experimental deSão João do Cariri – BESJC, localizada no semiárido do estado da Paraíba. Os dados sobre a perda de água esedimento foram obtidos em duas parcelas de erosão de 100 m², com sistemas de manejo diferenciados: umacom solo exposto (Parcela 1) e outra com vegetação do tipo caatinga (Parcela 2), em um período de três anos(1999-2002) e depois mantida com solo exposto (2003-2009). Os resultados de erosão mostraram que a erosãomédia na Parcela 1 foi de 0,22 ton/ha, enquanto na Parcela 2 foi em torno de 0,09 ton/ha, indicando a influênciae a importância da cobertura vegetal do tipo caatinga e a adequação do manejo do solo em relação à erosãohídrica dos solos na região semiárida.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Richarde Marques da Silva, Universidade Federal da Paraíba

Celso Augusto Guimarães Santos, Universidade Federal da Paraíba

Downloads

Publicado

2012-11-16

Como Citar

MARQUES DA SILVA, R.; AUGUSTO GUIMARÃES SANTOS, C. ANÁLISE DAS PERDAS DE ÁGUA E SOLO EM UM VERTISSOLO CROMADO SOB DIFERENTES SISTEMAS DE MANEJO - DOI 10.5216/bgg.v32i2.21079. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 32, n. 2, p. 93–107, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v32i2.21079. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/21079. Acesso em: 25 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos