EXPANSÃO DA FRONTEIRA AGRÍCOLA E MUDANÇAS NO USO DO SOLO NA REGIÃO SUL DE GOIÁS: AÇÃO ANTRÓPICA E CARACTERÍSTICAS NATURAIS DO ESPAÇO - DOI 10.5216/bgg.v32i1.18962

Autores

  • Licius de Albuquerque Prado Universidade Federal de Goiás
  • Fausto Miziara Universidade Federal de Goiás
  • Manuel Eduardo Ferreira Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v32i1.18962

Resumo

Este trabalho visa a um melhor entendimento sobre a relação entre as características naturais da terra e suautilização antrópica, demonstrando, em especial, como esta relação condicionou a expansão das fronteirasagrícolas no estado de Goiás. Para tanto, apresentamos um modelo teórico que correlaciona as variáveistopografia, tipos de solos e localização com as áreas já convertidas. As análises foram conduzidas nosmunicípios de Mineiros e Catalão, compreendendo as regiões Sudoeste e Sudeste do estado, respectivamente.Com imagens históricas do satélite Landsat – MSS, foram aplicados métodos de classificação supervisionada,visando à geração de mapas de uso e cobertura do solo para os anos de 1975 (Mineiros) e 1979 (Catalão).Posteriormente, os mapas foram confrontados com os dados cartográficos obtidos pelo PROBIO (Ministériodo Meio Ambiente, Brasil) para o ano de 2002. Os resultados demonstram que as áreas de agricultura estãoconcentradas em regiões de topografia mais plana, com solos mais adequados e, sobretudo, próximas àsprincipais rodovias que cortam estes municípios.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-15

Como Citar

DE ALBUQUERQUE PRADO, L.; MIZIARA, F.; EDUARDO FERREIRA, M. EXPANSÃO DA FRONTEIRA AGRÍCOLA E MUDANÇAS NO USO DO SOLO NA REGIÃO SUL DE GOIÁS: AÇÃO ANTRÓPICA E CARACTERÍSTICAS NATURAIS DO ESPAÇO - DOI 10.5216/bgg.v32i1.18962. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 32, n. 1, p. 151–165, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v32i1.18962. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/18962. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos