A PROCISSÃO DO FOGARÉU NA CIDADE DE GOIÁS – IDENTIDADE, CULTURA E TERRITÓRIO: O TURISMO E AS NOVAS TENDÊNCIAS - DOI 10.5216/bgg.v32i1.18960

Autores

  • Luana Nunes Martins de Lima Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v32i1.18960

Resumo

O objetivo deste artigo é analisar a dinâmica socioespacial instalada na Cidade de Goiás por meio da festareligiosa da Procissão do Fogaréu. Há uma breve discussão sobre a contribuição da festa na construção daidentidade local e na formação de um sentimento de pertencimento que estabelece a existência de território.Também analisam-se as transformações e persistências nas práticas socioespaciais dos sujeitos, enfocandoa “reinvenção” da festa, sua espetacularização e mercadificação, que opõem-se à verdadeira valoração erepresentatividade dos signos e símbolos que compõem a cultura da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-06-15

Como Citar

NUNES MARTINS DE LIMA, L. A PROCISSÃO DO FOGARÉU NA CIDADE DE GOIÁS – IDENTIDADE, CULTURA E TERRITÓRIO: O TURISMO E AS NOVAS TENDÊNCIAS - DOI 10.5216/bgg.v32i1.18960. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 32, n. 1, p. 121–133, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v32i1.18960. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/18960. Acesso em: 18 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos