ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO FENÔMENO DE ILHAS DE CALOR NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA-GO (1986-2010) - DOI 10.5216/bgg.V31i2.16849

Autores

  • Diego Tarley Ferreira Nascimento Universidade Federal de Goiás
  • Ivanilton José de Oliveira Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v31i2.16849

Resumo

O processo de crescimento urbano acelerado e desorganizado tem desencadeado uma gama de impactosambientais. Dentre estes, ressalta-se a alteração do clima local, no qual o comportamento espacial simultâneoda temperatura se revela como o mais importante elemento, tendo como principal consequência a formaçãodo fenômeno de “ilhas de calor”. Nesse contexto, o presente artigo analisa a evolução das ilhas de calorno município de Goiânia-GO, tendo como recorte temporal o período de 1986 a 2010, valendo-se de dadosde sensoriamento remoto, para estimar os valores de temperatura superficial terrestre, e de técnicas degeoprocessamento, para análise e mensuração do fenômeno. Com base nos dados e nas análises realizadas,pôde-se constatar que as temperaturas superficiais terrestres apresentaram certo padrão de variaçãoespacial e, sobretudo, temporal, haja vista ter-se constatado uma verdadeira inversão na representatividadedas classes de temperatura superficial no decorrer dos anos de 1986 a 2010, que oscilaram do predomínioabsoluto das temperaturas abaixo de 24º C, para o domínio amplo das temperaturas acima desse patamar.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-01-12

Como Citar

TARLEY FERREIRA NASCIMENTO, D.; JOSÉ DE OLIVEIRA, I. ANÁLISE DA EVOLUÇÃO DO FENÔMENO DE ILHAS DE CALOR NO MUNICÍPIO DE GOIÂNIA-GO (1986-2010) - DOI 10.5216/bgg.V31i2.16849. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 31, n. 2, p. 113–127, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v31i2.16849. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/16849. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos