CARACTERIZAÇÃO FISIOGRÁFICA DA BACIA OLHOS D’ÁGUA EM FEIRA DE SANTANA/BA: GEOPROCESSAMENTO APLICADO À ANÁLISE AMBIENTAL - DOI 10.5216/bgg.V31i2.16844

Autores

  • Liamara Carelli Universidade Estadual de Feira de Santana
  • Priscila Paixão Lopes Universidade Estadual de Feira de Santana

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v31i2.16844

Resumo

O riacho Olhos d’água é um dos principais afluentes do rio Jacuípe e vem sofrendo um processo intenso dedegradação ambiental em função da má utilização do solo em seu entorno e de seus recursos hídricos. Suadistribuição em uma importante área na transição do recôncavo para o sertão baiano favoreceu a ocupaçãodeste, cujo início remonta à fundação do município de Feira de Santana. O presente trabalho tem como objetivoa caracterização fisiográfica da bacia Olhos d’água para subsidiar o planejamento ambiental e a gestão econservação dos recursos naturais presentes. Os resultados indicam que a bacia apresenta alta densidadehidrográfica e elevada capacidade de drenagem, não apresentando índices que determinem a susceptibilidade aenchentes, mas precisa ainda ser analisada sob a perspectiva das especificidades do uso e ocupação do solo noseu entorno (impermeabilização da área e concentração de residências às margens da bacia), considerando aindaa necessidade de estudos climáticos mais aprofundados, já que está inserida em área sujeita a irregularidadespluviométricas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2012-01-11

Como Citar

CARELLI, L.; PAIXÃO LOPES, P. CARACTERIZAÇÃO FISIOGRÁFICA DA BACIA OLHOS D’ÁGUA EM FEIRA DE SANTANA/BA: GEOPROCESSAMENTO APLICADO À ANÁLISE AMBIENTAL - DOI 10.5216/bgg.V31i2.16844. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 31, n. 2, p. 43–54, 2012. DOI: 10.5216/bgg.v31i2.16844. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/16844. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos