LOUVAÇÃO E PROXIMIDADE: AS FESTAS DE PADROEIROS FORA DO BRASIL - DOI 10.5216/bgg.V30i1.11197

Autores

  • Maria Idelma Vieira D’Abadia Universidade Estadual de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/bgg.v30i1.11197

Resumo

Neste artigo, apresenta-se brevemente a tradição das festas dedicadas aos santos padroeiros fora das terras brasileiras, que influenciaram o culto no Brasil. Para tratar dessas festas fora do Brasil, buscou-se sua proximidade com algumas festividades realizadas no país. Opta-se, inicialmente, por mostrar as festas na Europa, considerando aquele continente como centro difusor da religião católica. Atualmente, a Europa integra roteiros internacionais em termos de peregrinações, festas e cultos que em muito representam parte da herança religiosa vivenciada no Brasil. Após a abordagem europeia, o continente latino-americano torna-se o foco dos estudos, pois é considerada a principal área colonizada pelas culturas europeias, onde ainda se percebe o poderio da crença religiosa católica. É válido destacar que a bibliografia existente sobre a temática apresenta uma diversidade teórica. Em decorrência dessa diversidade, prestigiam-se as publicações no país sobre o período da implantação e expansão colonial, bem como artigos publicados na internet. Para tanto, priorizam-se apenas os recortes metodológicos utilizados para analisar essas festas como roteiros, estruturas, organização e outros elementos destacados.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2010-08-31

Como Citar

D’ABADIA, M. I. V. LOUVAÇÃO E PROXIMIDADE: AS FESTAS DE PADROEIROS FORA DO BRASIL - DOI 10.5216/bgg.V30i1.11197. Boletim Goiano de Geografia, Goiânia, v. 30, n. 1, p. 93–105, 2010. DOI: 10.5216/bgg.v30i1.11197. Disponível em: https://revistas.ufg.br/bgg/article/view/11197. Acesso em: 28 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos