Plantas, biodiversidad, cultura y conocimiento en zonas semiáridas de México: propuesta para un uso sustentable de los recursos - DOI 10.5216/ag.v3i3.8623

Autores

  • Ramón Soriano Robles Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa
  • Ladislao Arias Margarito Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa
  • Aura Juárez Serrano Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa
  • Jorge Haro Castellanos Universidad Autónoma Metropolitana Iztapalapa

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v3i3.8623

Resumo

Os semi-áridos do México são menos desenvolvidos, apesar de ter recursos naturais que poderiam ser um fator de progresso através do uso adequado. Embora as comunidades estão conscientes dos seus recursos, a dinâmica destes e as suas utilizações, a intervenção participativa faz-se necessário detalhar o seu conhecimento a partir de um ponto de vista científico complementário. Este estudo documenta a experiência de trabalhar em comunidades no México, localizado no semi-árido (regiões Mixteca e Vele do Mezquital). Ambas as regiões compartem no clima semi-árido e plantas locais que possuem uma variedade de aplicações, incluindo os alimentos, condimentos, ornamentos, rituais e alimentação de animais de estimação. Seu estudo baseou-se em entrevistas, pesquisas de campo e viagens participativas para aprender com a experiência dos sujeitos camponeses e identificar recursos florísticos e uso posteriormente analisados utilizando-se de técnicas laboratoriais. Até esta data, têm-se demonstrado um certo número de plantas, seus usos e qualidade química para usos agrícolas. Esse conhecimento pode servir de base para o uso sustentável de novas propostas para ajudar a melhorar a qualidade de vida das comunidades envolvidas. Palavras-chave: Biodiversidade, sustentabilidade, participação, semi-árido, recursos, México

Downloads

Não há dados estatísticos.

Publicado

2010-01-08

Como Citar

ROBLES, R. S.; MARGARITO, L. A.; SERRANO, A. J.; CASTELLANOS, J. H. Plantas, biodiversidad, cultura y conocimiento en zonas semiáridas de México: propuesta para un uso sustentable de los recursos - DOI 10.5216/ag.v3i3.8623. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 3, n. 3, p. 1–21, 2010. DOI: 10.5216/ag.v3i3.8623. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/8623. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos