O desenvolvimento terrirorial rural no Brasil: uma análise a partir do debate paradigmático

Autores

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v14i2.63889

Resumo

O desenvolvimento territorial ganhou importância nos debates sobre o campo no Brasil nos anos 2000. Levado a cabo principalmente pelo governo federal e incentivado por organismos internacionais, como o Banco Mundial, FAO e BIRD, o desenvolvimento territorial passou a figurar como grande novidade nos trabalhaos acadêmicos, ações das empresas e políticas públicas. Este trabalho avalia a produção sobre o desenvolvimeno territorial a luz do debate paradigmático, mostrando como o Paradigma do Capitalismo Agrário e o Paradigma da Questão Agrária produzem interpretações diferentes sobre o tema. Como metodologia, fazemos uma revisão bibliográfica de dois autores que estão os que mais influênciam a produção brasileira, sendo cada um representante de um paradigma. O artigo se divide em três secções. Na primira, apresentamos o debate paradigmático. Na segunda, o desenvolvimento territorial a partir do Paradigma do capitalismo agrário. Na terceira, o desenvolimento territorial a partir do Paradigma da Questão Agrária. Nosso objetivo é contribuir para que pesquisadores dedicados a questão consigam ter uma nova chave de interpretação sobre o tema.

Palavras-chave: debate paradigmático; desenvolvimento territorial; paradigma do capitalismo agrário; paradigma da questão agrária; desenvolvimento.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Adolfo da Costa Oliveira Neto, Universidade Federal do Pará, Belém, Pará, Brasil.

 

 

Downloads

Publicado

2020-08-07

Como Citar

OLIVEIRA NETO, A. da C. O desenvolvimento terrirorial rural no Brasil: uma análise a partir do debate paradigmático. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 14, n. 2, p. 189–207, 2020. DOI: 10.5216/ag.v14i2.63889. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/63889. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos