Cotidiano e redes de sociabilidades no Assentamento São Bento, Heitoraí/Go (1996-2019)

Autores

  • Jean Carlos Ribeiro de Lima Universidade Estadual de Goiás, Anápolis, Goiás, Brasil.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v14i2.63128

Resumo

As redes de sociabilidades constituem-se a partir de relações subjetivas entre diferentes sujeitos e em múltiplos espaços sociais. Tais relações, que primam pela subjetividade, apresentam-se sob inúmeras formas, tais como, por meio do apoio mútuo, da cooperação, do associativismo e da reciprocidade. Dessa forma, objetivamos com este estudo analisar as redes de sociabilidades existentes no cotidiano dos assentados do São Bento, por meio das trajetórias de vida, de suas experiências tanto individuais, quanto coletivas e as vivências adquiridas. A discussão está fundamentada em revisão bibliográfica acerca da temática dos assentamentos rurais e das redes de sociabilidades, bem como em trabalho de campo onde foi possível o recolhimento de dados quantitativos e qualitativos, por meio da aplicação de questionários e realização de entrevistas nas parcelas e residências dos assentados. A partir da análise dos dados foi possível identificar que no espaço social do Assentamento São Bento em Heitoraí/GO, as redes de sociabilidades contribuem para a manutenção e a reprodução das relações sociais entre os assentados.

Palavras-chave: Assentamento. Trajetórias. Sociabilidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2020-08-07

Como Citar

RIBEIRO DE LIMA, J. C. Cotidiano e redes de sociabilidades no Assentamento São Bento, Heitoraí/Go (1996-2019). Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 14, n. 2, p. 208–223, 2020. DOI: 10.5216/ag.v14i2.63128. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/63128. Acesso em: 25 maio. 2022.

Edição

Seção

Artigos