Espaço, cultura e poder: gênero e raça em análise na geografia - DOI 10.5216/ag.v3i1.6257

Autores

  • Lorena Francisco de Souza UFG
  • Alecsandro José Prudêncio Ratts UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v3i1.6257

Resumo

Este artigo propõe fazer uma discussão sobre as categorias gênero, raça, espaço e poder na realidade das relações sociais. O poder se manifesta tanto de maneira visível quanto invisível dependendo das estratégias do grupo que lhe detém e, em nome do poder político, econômico e cultural. A segregação espacial a que alguns grupos são submetidos é um reflexo da predominância de privilégios de uma classe dominante ao longo da formação social brasileira. A partir de autores/as pesquisadores/as das questões de gênero, feminismo, raça e espaço realizamos uma reflexão sobre o interesse da Geografia Cultural sobre estas temáticas, bem como sobre as relações de poder de Grupos dominantes sobre os dominados e a maneira como a herança escravocrata colonial assegurou índices alarmantes de desemprego e subemprego da população negra no mercado de trabalho. Palavras-chave: relações de poder, gênero, espaço, raça

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-05-14

Como Citar

SOUZA, L. F. de; RATTS, A. J. P. Espaço, cultura e poder: gênero e raça em análise na geografia - DOI 10.5216/ag.v3i1.6257. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 107–120, 2009. DOI: 10.5216/ag.v3i1.6257. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/6257. Acesso em: 16 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos