A produção familiar no/do Cerrado e suas representações territoriais: as comunidades rurais no município de Catalão (GO) - DOI 10.5216/ag.v3i1.6254

Autores

  • Estevane de Paula Pontes Mendes UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v3i1.6254

Resumo

Este texto propõe uma análise em torno do comportamento sociocultural, econômico e organizacional de comunidades rurais que utilizam o território como espaço produtivo, para constituição de seu patrimônio familiar e para estruturação de um espaço de trabalho da família, salientando os comportamentos comuns dos membros das comunidades e das numerosas características de crença que constituem o modo de vida rural, sob uma percepção do espaço de vivência. Todas as dimensões da existência se realizam no território a partir de uma relação interativa e completiva. Assim, os vínculos afetivos são criados na relação do trabalho do homem sobre uma base geográfica. Essas discussões avigoram, ainda mais, a necessidade de conhecimento e preservação da identidade cultural de indivíduos ligados entre si por laços de parentesco e de consangüinidade. A história de cada família evidencia os valores compartilhados num dado espaço social. Palavras-chave: Território. Cultura. Comunidades rurais. Catalão (GO).

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2009-05-14

Como Citar

MENDES, E. de P. P. A produção familiar no/do Cerrado e suas representações territoriais: as comunidades rurais no município de Catalão (GO) - DOI 10.5216/ag.v3i1.6254. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 3, n. 1, p. 44–68, 2009. DOI: 10.5216/ag.v3i1.6254. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/6254. Acesso em: 20 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos