Do sertão ao cerrado: trajetórias do território e do sertanejo goiano

Autores

  • Júlio César Pereira Borges Universidade Estadual de Goiás – Câmpus Pires do Rio

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v11i2.50088

Resumo

Resumo

Com base na refuncionalização territorial de Goiás, este artigo busca analisar a inserção desse estado na lógica da expansão capitalista na América Latina e no Brasil, enfatizando como a vida sertaneja local é transformada pela ação do capital, responsável pela passagem de Goiás do sertão para Goiás do cerrado. É nessa perspectiva que está pautado este estudo, ou seja, no entendimento da interação dos elementos políticos, econômicos e culturais que se processam na inserção de Goiás na lógica da expansão capitalista e como essa situação ressoa na vida do sertanejo goiano. Para isso, realizou-se uma análise bibliográfica sobre a leitura geográfica do cerrado, acompanhada de entrevistas com pesquisadores do assunto. Tais ferramentas nos possibilitaram entender a incorporação do cerrado na dinâmica do capitalismo mundial e sua reverberação na (re)existência do sertanejo goiano.

Palavras-chave: Expansão Capitalista; Cerrado Brasileiro; Território Goiano; (Re)Existência Sertaneja.

 

Abstract

By introducing a debate grounded on the territorial refunctionalization of Goiás state, this article addresses the inclusion of Goiás within the logic of capitalist expansion in Brazil and in Latin America. Moreover, it stresses the way the sertanejo way of life is transformed by the role of capital, which is responsible for the transition from hinterland to savannah in Goiás. The present research stems from understanding the interaction between political, economic, and cultural elements processed in the inclusion of Goiás within the logic of capitalist expansion in Brazil, as well as the way this scenario resonates in the life of the state’s hinterland. To achieve that, this paper brings forth a bibliographical survey of geographical research on the state’s savannah, as well as interviews with researchers. These tools made it possible to understand the savannah’s incorporation into the dynamics of global capitalism and its reverberation in Goiás’ hinterland (re)existence.

Keywords: Capitalist Expansion; Brazilian Savannah; Goiás’ Territory; Hinterland (Re)Existence.

 

Resumen

Con base en la refuncionalización territorial de Goiás, este artículo analiza la inserción de este estado em la lógica de la expansión del capitalismo en América Latina y en Brasil, enfatizando como la vida sertaneja local es transformada por la acción del capital, responsable po el paso de Goiás del sertão a Goiás del Cerrado. Es en esta perspectiva que está pautado este artículo, o sea, en el entendimiento de la interacción de los elementos políticos, económicos y culturales que se procesan em la inserción de Goiás en la lógica de la expansión capitalista y como esa situación resuena en la vida del sertanejo de Goiás. Por lo tanto, se realizo um análisis bibliográfico sobre la lectura geográfica del Cerrado, acompanhada de entrevistas con investigadores del asunto. Tales herramientas son indispensables para entender la incorporación del Cerrado  em la dinâmica del capitalismo mundial y su reverberación en la (re) existencia del sertanejo goiano.

Palabras clave: Expansión capitalista; Cerrado brasileño; Territorio Goiano; (Re) existencia sertaneja.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2017-11-03

Como Citar

BORGES, J. C. P. Do sertão ao cerrado: trajetórias do território e do sertanejo goiano. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 156–169, 2017. DOI: 10.5216/ag.v11i2.50088. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/50088. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos