O letramento cartográfico nos anos iniciais do Ensino Fundamental

Autores

  • Carla Costa de Morais Universidade de São Paulo - USP
  • Andrea Coelho Lastória Universidade de São Paulo
  • Filomena Elaine Paiva Assolini Universidade de São Paulo Departamento de Educação, Informação e Comunicação.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v11i2.40126

Resumo

Resumo

Neste artigo apresentamos os resultados de uma pesquisa de mestrado concluída. Buscamos compreender as concepções e práticas docentes sobre letramento cartográfico de cinco professoras dos anos iniciais, inseridas na rede municipal de ensino de Ribeirão Preto-SP. Focalizamosas estratégias de ensino, os conteúdos, as dificuldades com a linguagem cartográfica, bem como, as concepções docentessobre o letramento cartográfico. A legitimação teórica foi construída a partir de autores da Cartografia Escolar, na definição dos saberes docentes e na discussão sobre a formação inicial e continuada. A pesquisa é caracterizada como um estudo de caso de natureza qualitativa.Os dados foram coletados por meio de entrevistas, análise documental e observação das práticas. Pretendemos ampliar as questões de ensino-aprendizagem da linguagem cartográfica para além das questões formativas: trazendo à tona a necessidade de se discutir currículo e políticas públicas dos cursos de formação de professores.

Palavras-chave: Cartografia escolar; Letramento cartográfico; Práticas pedagógicas.

  

Abstract

In this article we show the results of an investigation in master level that has been completed. The issue addressed is the understanding of teachers' conceptions about the cartographic literacy of five teachers in the early years that are entered in the municipal schools of Ribeirão Preto-SP. We intend to show the use of the term cartographic literacy rather literacy to indicate to literacy teaching practices and reading wider world. We also try to find in the teaching practices the strategies, the content worked and the difficulties that the teachers face with the Cartographic language. This work is featured as a case study of a qualitative nature. Data were collected through interviews, document analysis and observation of practices. We intent to broaden the issues of teaching and learning of cartographic language beyond the formative issues: bringing to the fore the need to discuss public policy curriculum and training courses for teachers.

Keywords:School cartography, Mapping literacy, Pedagogical practices.

  

Resumen

En este artículo se muestran los resultados de una investigación en el nivel de maestría que ha sido completado. El tema abordado es la comprensión de las concepciones de los profesores sobre la alfabetización cartográfica de cinco maestros en los primeros años que estén inscritos en las escuelas municipales de Ribeirão Preto-SP. Se pretende mostrar el uso del término alfabetización cartográfica en lugar de alfabetización para indicar a las prácticas de alfabetización y la lectura de un mundo más amplio. También tratamos de encontrar en las prácticas de enseñanza de las estrategias, el contenido trabajaban y las dificultades que enfrentan los maestros con el lenguaje cartográfico. Este trabajo se presenta como un caso de estudio de naturaleza cualitativa. Los datos fueron recolectados a través de entrevistas, análisis de documentos y observación de las prácticas. Tenemos la intención de ampliar los temas de enseñanza y aprendizaje del lenguaje cartográfico más allá de las cuestiones formativas: haciendo hincapié en la necesidad de discutir los cursos del plan de estudios y de formación de política pública para los profesores.

Palabras clave: cartografía escolar, alfabetización Cartografía, prácticas pedagógicas.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Carla Costa de Morais, Universidade de São Paulo - USP

Coordenadoria de formação de Professores da Prefeitura Municipal de Ribeirão Preto.

Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto -FFCLRP/USP. Departamento de Educação e Comunicação.

Andrea Coelho Lastória, Universidade de São Paulo

Professora Dra. Departamento de Educação, Informação e Comunicação.

Coordena o Grupo ELO - Grupo de Estudos da Localidade e LAIFE - Laboratório Interdisciplinar de Formação do Educador.

Área de Educação e Geografia.

 

Filomena Elaine Paiva Assolini, Universidade de São Paulo Departamento de Educação, Informação e Comunicação.

Professora Dra. Departamento de Educação, Informação e Comunicação.

Coordena o GEPALLE - Grupo de Estudos e Pesquisas sobre Alfabetização, Leitura e Letramento 

Interface: Educação e Linguística Aplicada 

Downloads

Publicado

2017-11-03

Como Citar

MORAIS, C. C. de; LASTÓRIA, A. C.; ASSOLINI, F. E. P. O letramento cartográfico nos anos iniciais do Ensino Fundamental. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 11, n. 2, p. 36–50, 2017. DOI: 10.5216/ag.v11i2.40126. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/40126. Acesso em: 12 abr. 2024.

Edição

Seção

Artigos