Natureza e cultura: bens de negócio, bens de sobrevivência - DOI 10.5216/ag.v2i1.3893

Autores

  • Vilma Terezinha de Araújo UNESP

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v2i1.3893

Resumo

Guaramiranga é uma das cidades de maior altitude do Estado do Ceará com 865,24m. Numa temperatura média que varia entre a mínima de 17°C e a máxima de 220C. A paisagem serrana se destaca pelo verde abundante, em contraste com as áreas semi-áridas do seu entorno. Nas duas últimas décadas, percebe-se a refuncionalização do município; enquanto na década de 70 tinha como referência a produção de café, hoje aparece como principal destino turístico do Estado em área serrana. A invenção de eventos como festival de Jazz & Blues, festival de vinho, festival de foundue, entre outros apoiados pelo poder público, têm contribuído para atrair um maior número de visitantes e aumentando a especulação imobiliária, transformando o modo de vida da população local. Palavras-chave: natureza, turismo, artesanato.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2008-05-10

Como Citar

ARAÚJO, V. T. de. Natureza e cultura: bens de negócio, bens de sobrevivência - DOI 10.5216/ag.v2i1.3893. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 2, n. 1, p. 103–118, 2008. DOI: 10.5216/ag.v2i1.3893. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/3893. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos