Avaliação da ocupação e uso da terra nas bacias hidrográficas da Região Metropolitana de Goiânia/GO (2010) - DOI 10.5216/ag.v8i2.32099

Autores

  • Marcos Vinícius Alexandre da Silva Universidade Federal de Goiás
  • Nilson Clementino Ferreira UFG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v8i2.32099

Resumo

Resumo

Este trabalho teve por objetivo a elaboração de análises exploratórias sobre o uso e cobertura do solo da Região Metropolitana de Goiânia, contemplando as bacias hidrográficas, que atualmente vem sendo consideradas na gestão do território, e na elaboração de políticas públicas das metrópoles.  Foram realizados os mapeamentos dos elementos que caracterizam a paisagem e das áreas de preservação permanente conforme a legislação ambiental vigente, por meio da utilização de imagens obtidas pelo sensor LISS III, instalado a bordo do satélite Resourcesat-1, e também de dados altimétricos obtidos pela Shuttle Radar Topographic Mission - SRTM. Foi verificado que 19% da área da Região Metropolitana já estão urbanizadas, e o restante, 81% em áreas rurais. Foram encontradas bacias hidrográficas de uso eminentemente urbano com até 73,65% em área urbana e bacias com no máximo 41,18 % de área coberta pela vegetação nativa. A porção regional que possui as bacias mais impactadas, tendo suas áreas de preservação permanente ocupadas majoritariamente pela agricultura, pecuária ou mancha urbana é a noroeste, justificada principalmente pelo processo de conurbação nos municípios de Goiânia, Trindade e Goianira. Os resultados obtidos podem ser utilizados no planejamento e na gestão territorial, podendo indicar as áreas que necessitam de atenção especial do poder público para garantir a sustentabilidade regional.

Palavra chave: bacias hidrográficas, região metropolitana de Goiânia, uso e cobertura do solo.

 

Abstract

This study aimed the exploratory analyzes on the land use and land cover in Goiânia Metropolitan Region, contemplating the watershed, which are now being considered in land management. Were prepared mappings of the landscape elements and of permanent preservation areas according the environmental legislation, by using images obtained by the sensor LISS III coupled in the satellite Resourcesat-1, and also elevation data obtained by the Shuttle Radar Topographic Mission - SRTM. We verified that 19% of the surface in the Metropolitan Region has been urbanized, and the remaining 81% are in rural areas. We found watersheds with up to 73.65% of its surface occupied by urban areas and basins with 41.18% of its area covered by native vegetation. The regional portion that has impacted watersheds, having their permanent preservation areas occupied mostly by agriculture, pasture or urban area is the northwest, mainly due the conurbation process in the municipalities of Goiânia, Trindade and Goianira. The results obtained can be used for land management and regional planning, which may indicate areas that need special attention of the government to ensure regional sustainability.

Keyword: watershed, metropolitan area of ??Goiânia, land use cover.

 

Resumen

Este artículo tiene por objetivo el desarrollo de análisis exploratorios de el uso y cobertura del suelo en la Región Metropolitana de Goiânia, contemplando la cuencas hidrográficas, que se está examinando actualmente en el manejo del territorio y en el desarrollo de políticas públicas de las metrópolis. Realizamos los mapeos de los elementos que caracterizan el paisaje y áreas de preservación permanente como las regulaciones ambientales a través de la utilización de imágenes obtenidas por el sensor LISS III, instalado a bordo del satélite Resourcesat-1, así como los datos de altimetría obtenidos por el Shuttle Radar Topographic Mission - SRTM. Se encontró que el 19% de la superficie de la Región Metropolitana se ha urbanizado y el 81% restante en zonas rurales. Encontramos cuencas hidrográficas en zonas predominantemente urbanas, con 73,65% de sus áreas urbanizadas y cuencas hidrográficas con 41.18% de sus areas cubiertas por vegetación nativa. La región que tiene cuencas hidrográficas más afectadas, teniendo sus áreas de preservación permanente ocupadas principalmente de la agricultura, pastizales o zonas urbanas es del noroeste, debido principalmente al proceso de conurbación de los municipios de Goiânia, Trindade y Goianira. Los resultados obtenidos pueden ser utilizados en la planificación y gestión del territorio, lo que puede indicar las áreas que necesitan atención especial del gobierno para garantizar la sostenibilidad regional.

Palabras clave: Cuencas hidrográficas, Área Metropolitana de Goiânia, el Uso y Cobertura del Suelo.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2014-10-01

Como Citar

SILVA, M. V. A. da; FERREIRA, N. C. Avaliação da ocupação e uso da terra nas bacias hidrográficas da Região Metropolitana de Goiânia/GO (2010) - DOI 10.5216/ag.v8i2.32099. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 8, n. 2, p. 150–167, 2014. DOI: 10.5216/ag.v8i2.32099. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/32099. Acesso em: 19 jun. 2024.

Edição

Seção

Artigos