Discursos associados com a gestão social da água no Norte Cordobés (Argentina) - DOI 10.5216/ag.v1i2.3014

Autores

  • Gabriela Cecchetto Universidad Nacional de Córdoba
  • Sergio Chiavassa Universidad Nacional de Córdoba
  • Cecilia Irazoqui Universidad Nacional de Córdoba
  • Santiago Llorens Universidad Nacional de Córdoba

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v1i2.3014

Resumo

O acesso e distribuição da água são diferenciais em nosso planeta. Essas diferenças espaciais associam se às diferenças culturais, as quais condicionam os usos da água e a apreciação de seu valor social, político e econômico. As diferenças culturais articulam-se e favorecem a construção de representações que viabilizam a relação água/sociedade (água-cultura, água-dignidade, água-riqueza, água-saúde, água-trabalho). Neste quadro, as intervenções dos grupos prevalentes, enquanto agentes que possuem a capacidade de regular o acesso e exercer o controle ou domínio da água, por sua vez que definem os usos corretos e geram tensões entre estes grupos, e com os grupos menos favorecidos, tensões materiais e simbólicas que se expressam nos discursos contraditórios e em conflito. Na base de estas reflexões e colocando em tensão nossa própria abordagem inicial, estruturado em torno ao eixo gestão social da água, propomos-nos identificar – a partir de nossa própria experiência como grupo interdisciplinar convocada por uma ONG a fim de “escorar” desde os aspectos sócio-territoriais um projeto técnico de provisão de água em duas escolas rurais situadas no Norte da Província de Córdoba, República Argentina – as tensões e conflitos entre os agentes envolvidos, indagando nos discursos e representações, seu caráter performativo e a maneira em que estes podem ser associados à construção do território e de territorialidades.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2007-12-19

Como Citar

CECCHETTO, G.; CHIAVASSA, S.; IRAZOQUI, C.; LLORENS, S. Discursos associados com a gestão social da água no Norte Cordobés (Argentina) - DOI 10.5216/ag.v1i2.3014. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 1, n. 2, p. 59–79, 2007. DOI: 10.5216/ag.v1i2.3014. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/3014. Acesso em: 14 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos