Festas do Aracaju: tramas da tradição religiosa em uma cidade moderna (1900-1950) - DOI 10.5216/ag.v9i1.29557

Autores

  • Magno Francisco de Jesus Santos UFF

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v9i1.29557

Resumo

Resumo

A procissão de Bom Jesus dos Navegantes é considerada a mais importante festa religiosa do Natal de Aracaju. Ela é realizada desde ao no de 1856 e foi marcada pela participação de diferentes segmentos sociais da cidade e do interior sergipano. Ao longo do tempo a procissão passou por inúmeras ressignificações que a transformaram diante dos novos enredos sociais ao qual ela estava inserida. Nessa pesquisa o foco de análise são as representações de modernidade e de tradição inerentes à procissão que permeou a trajetória da nova capital sergipana ao longo de sua primeira centúria. Trata-se de uma leitura dos significados atribuídos a procissão e a cidade por meio de descrições dos memorialistas e dos registros fotográficos, evidenciando as apropriações dos espaços em diferentes tempos por grupos sociais distintos.

Palavras-chave: festa, Aracaju, modernidade.

 

Abstract
The procession of Bom Jesus dos Navegantes is considered the most important religious festival of Aracaju. It is celebrated since 1856 and was marked by the participation of different social segments of the city and the inner of the state of Sergipe. Over time the procession passed through many resignifications that transformed in face of the new social scenarios to which it was inserted. In this research the focus of analysis are the representations of modernity and tradition inherent to the procession that permeated the trajectory of the new capital of the state Sergipe throughout its first century. It is a reading of the meanings assigned to the procession and the city through memoirs and descriptions of photographic records.

Keywords: party, Aracaju, modernity.

 

Resumen

La Procesión de Bom Jesus dos Navegantes es considerada la fiesta religiosa más importante de Aracaju. Se lleva a cabo en el 1856 y desde entonces se ha caracterizado por la participación de los diferentes sectores sociales de la ciudad y Sergipe interior. Con el tiempo la procesión pasó por varias significaciones que transformaron el rostro de los nuevos escenarios sociales en que se inserta. En este artículo, el foco del análisis está en las representaciones de la modernidad y la tradición inherente a la procesión que impregnaba la trayectoria de la nueva capital de Sergipe durante su primer siglo. Se trata de una lectura de los significados atribuidos a la procesión por la ciudad y las descripciones de las memorias y registros fotográficos.

Palabras clave: Partido, Aracaju, la modernidad.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Magno Francisco de Jesus Santos, UFF

Doutorando em História na UFF

Downloads

Publicado

2014-05-12

Como Citar

SANTOS, M. F. de J. Festas do Aracaju: tramas da tradição religiosa em uma cidade moderna (1900-1950) - DOI 10.5216/ag.v9i1.29557. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 9, n. 1, p. 183–207, 2014. DOI: 10.5216/ag.v9i1.29557. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/29557. Acesso em: 22 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos