Batismo coletivo e a construção dos nomes em terras de quilombo - DOI 10.5216/ag.v8i2.28260

Autores

  • Luciene de Oliveira Dias Universidade Federal de Goiás

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v8i2.28260

Resumo

Resumo

Algumas especificidades do batismo coletivo realizado durante os festejos de São Domingos de Gusmão, no quilombo Barra de Aroeira, estado do Tocantins, são trazidas aqui para uma discussão sobre a construção dos nomes e da vida enquanto processos identitários constituintes deste grupo humano. O trabalho resulta de etnografia realizada entre os quilombolas e propõe a tomada de conhecimento dos processos como elemento essencial para acessar as complexidades locais. De posse desta etnografia, o que se encontra no presente artigo são possibilidades para pensar o batismo católico coletivo e a construção social dos nomes em terras de quilombo.

Palavras-Chave: Quilombos; Batismo; Festejos; Nomes.

 

Abstract

Some specifications of the collective baptism performed during the celebration of São Domingos de Gusmão, in the Barra de Aroeira quilombo, in the state of Tocantins, are brought here for a discussion about the construction of the names and life while identify processes constituents of this human beings. The paper results of the ethnography performed among the Maroons (known as quilombolas) and proposes the apprehension of knowledge of the processes as an essential element to access the local complexities. By this ethnography, what is found in the present article are possibilities to think the collective catholic baptism and the social construction of the names in the lands of Quilombo.

Keywords: Quilombos; Baptism; Celebration; Names.

 

Resumen

Algunos aspectos específicos del bautismo colectivo realizado durante las fiestas patronales de Santo Domingos de Gusmão, en el Quilombo Barra de Aroeira, ubicada en la Provincia de Tocantins, son presentados aquí para que tengamos una discusión de la construcción de los nombres, y de la vida, como constituyentes de estos procesos de identidad de este grupo humano. El trabajo resulta de la etnografía entre las gentes de los quilombos y propone investigar sus procesos sociales como elemento sin los cuales no puede uno conocer a las complejidades locales. La etnografía presente en este artículo trae posibilidades para pensar el bautismo católico y la construcción social de los nombres colectivos en las tierras de quilombo.

Palabras clave: Quilombo; bautismo; Celebraciones; nombres.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Luciene de Oliveira Dias, Universidade Federal de Goiás

Professora Adjunta da Universidade Federal de Goiás; Doutora em Antropologia pela Universidade de Brasília; Mestre em Ciências do Ambiente; Especialista em Estudos Culturais. Coordenadora do Núcleo de Pesquisa, Ensino e Extensão em Jornalismo e Diferença da Faculdade de Informação e Comunicação de UFG; Presidente da Comissão de Integração com a Sociedade da FIC-UFG; Filiada à Associação Brasileira de Pesquisadores(as) Negros(as) - ABPN.

Downloads

Publicado

2014-03-13

Como Citar

DIAS, L. de O. Batismo coletivo e a construção dos nomes em terras de quilombo - DOI 10.5216/ag.v8i2.28260. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 8, n. 2, p. 235–251, 2014. DOI: 10.5216/ag.v8i2.28260. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/28260. Acesso em: 28 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos