Geografia, geograficidade e a poética do espaço: Patativa do Assaré e as paisagens da região do Cariri (Ceará) - DOI 10.5216/ag.v1i1.2714

Autores

  • Jörn Seemann URC

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v1i1.2714

Resumo

As paisagens naturais e culturais representam uma fonte de inspiração para os escritores e poetas que as convertem em expressões verbais de acordo com seu próprio olhar, sua imaginação, sua cosmologia e seus sentimentos. Muitas obras literárias contêm alusões ao espaço geográfico e se tornam objetos de estudo para os geógrafos culturais que vi-sam registrar e interpretar a geograficidade nos textos, isto é a relação dos seres huma-nos com a Terra como modo de sua existência e de seu destino. O poeta Patativa do As-saré (1909-2002) pode ser citado como um exemplo regional. Ele se inspirava nas pai-sagens do Cariri, principalmente na Serra de Santana em Assaré, para retratar a realida-de do nordeste brasileiro e transmitir uma imagem da vida no campo e no sertão. O in-tuito desta pesquisa é analisar os elementos geográficos na obra de Patativa para apontar as possíveis relações entre a geografia e a poesia e contribuir para uma discussão mais ampla sobre a diversidade das paisagens da região do Cariri, seus significados, seu sim-bolismo e seu valor para as pessoas.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Jörn Seemann, URC

Departamento de Geociências - Universidade Regional do Cariri

Downloads

Publicado

2007-12-11

Como Citar

SEEMANN, J. Geografia, geograficidade e a poética do espaço: Patativa do Assaré e as paisagens da região do Cariri (Ceará) - DOI 10.5216/ag.v1i1.2714. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 1, n. 1, p. 50–73, 2007. DOI: 10.5216/ag.v1i1.2714. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/2714. Acesso em: 21 fev. 2024.

Edição

Seção

Artigos