Percepção ambiental dos pescadores no município de Macaíba – RN - DOI 10.5216/ag.v7i3.19505

Autores

  • Rejane Batista Lopes
  • Josiel de Alencar Guedes Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v7i3.19505

Resumo

Resumo

Este artigo apresenta uma análise acerca da percepção ambiental dos membros da colônia de pescadores Z-45, no Município de Macaíba, com o objetivo de identificar a relação cognitiva e emocional destes com o ecossistema em que vivem. Para isso, foram realizadas entrevistas semi-estruturada com os pescadores. Os dados revelaram que a comunidade tem consciência dos problemas que afetam o ambiente no qual vive, como os despejos de esgotos da cidade e os tanques das imunizadoras, se preocupam com o futuro da pesca, estando também disponível para participar de atividades de educação ambiental, visando a melhoria da qualidade de vida. O estudo também revelou a falta de estrutura básica, como o acesso a água potável em uma das comunidades da colônia.

Palavras-chave: Percepção ambiental, pescadores, colônia Z-45.

 

Abstract

This paper presents an analysis on environmental perception of members of Z-45 fishermen's colony, in the Macaíba municipality, with the aim of identifying the cognitive and emotional relationship with the ecosystem in which they live. In this sense, semi-structured interviews were accomplished with the fishermen. The data revealed that the community are aware of the problems that affect the environment in which he lives, as the city's sewage dumps and tanks of clean septic company, they care about the future of fishing and are being available to participate in environmental education activities, with the purpose of the improvement of the quality of life. The study also revealed the lack of basic infrastructure, such as access to drinking water, in one of the communities of the colony.

Keywords:Environmental perception, Fishermen, Colony Z-45.

 

Resumen

Este artículo presenta um análisis sobre la percepción ambiental de los miembros de la colonia de pescadores, Z-45 em el municipio de Macaíba, com el fin de identificar la relación cognitiva y emocional com el ecossistema en que viven. Para ello, se realizaron entrevistas semi estructuradas com los pescadores. Los datos revelaron que la comunidad es consciente de los problemas que afectan el medio ambiente en que vive, como vertederos de aguas residuales de laciudad y tanques de imunizadoras, la atención sobre el futuro de la pesca, también están disponibles para participar em actividades de educación ambiental, com el objetivo de la mejora de lacalidad de vida. El estúdio también reveló la falta de infraestructura básica, como ela cceso a agua potable en una de las comunidades de la colonia.

Palabras clave: Percepcíon ambiental, Pescadores, Colônia Z-45.

 

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Rejane Batista Lopes

Bióloga, Mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela UFRN

Josiel de Alencar Guedes, Universidade do Estado do Rio Grande do Norte

Curso de Geografia - UERN, Campus de Pau dos Ferros

Downloads

Publicado

2013-12-23

Como Citar

LOPES, R. B.; GUEDES, J. de A. Percepção ambiental dos pescadores no município de Macaíba – RN - DOI 10.5216/ag.v7i3.19505. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 7, n. 3, p. 149–163, 2013. DOI: 10.5216/ag.v7i3.19505. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/19505. Acesso em: 30 jun. 2022.

Edição

Seção

Artigos