As transformações no campo e o modo de vida camponês: (des) territorialidade no município de Poço Verde/SE - DOI 10.5216/ag.v7i1.18775

Autores

  • Alberlene Ribeiro Oliveira UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE
  • Josefa Eliane Santana de Siqueira Pinto UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v7i1.18775

Resumo

Resumo

Com o desenvolvimento do capitalismo, as transformações ocorridas no campo brasileiro provocaram mudanças na produção, na organização do espaço geográfico e nas relações sociais de trabalho ampliando assim, a desigualdade social, por meio da exclusão, desapropriação territorial e domínio social da maior parte da população rural. O Estado passa a desenvolver uma série de políticas guiadas pela lógica de financeirização, pautada no capitalismo industrial, desterritorializando o camponês. O presente trabalho tem como objetivo refletir sobre as mudanças no meio rural e como o camponês reage diante dessas transformações, com ênfase ao município de Poço Verde/SE. A elaboração se estabeleceu a partir de um referencial teórico e realizou-se pesquisa de campo por meio de entrevistas. As sociedades camponesas no decorrer dos processos históricos ocorreram alterações tanto na sua estrutura familiar quanto no modo de produzir e de se organizar economicamente e também o cultural, pois tiveram que se alocar dentro de uma nova ordem de relações imposta pela sociedade capitalista.

Palavras-chave: Camponeses; Territorialidade; Desterritorialidade; Trabalho.

 

Abstract

With the development of capitalism, the transformations occurred in the Brazilian countryside led to changes in production, organization of geographic space and social relations of work, thus expanding the social inequality, through exclusion, the social and territorial dispossession of most of the population countryside. The State is developing a series of policies guided by the logic of financialisation, based on industrial capitalism, deterritorializing the peasant. This paper aims to reflect on the changes in the rural peasant and how these react to changes, emphasizing the Poço Verde / Se. The preparation was established from a theoretical and has been field research through interviews. The peasant societies over the historical processes changes occurred both in their family structure as the way to produce and organize themselves economically and also cultural, since they had to allocate within a new order of relations imposed by capitalist society.

Keywords: Peasants; Territoriality; Desterritorialidade; Work.

 

Resumen

Con el desarrollo del capitalismo, las transformaciones ocurridas en el campo brasileño llevó a cambios en la producción, la organización del espacio geográfico y las relaciones sociales de trabajo, ampliando así la desigualdad social, a través de la exclusión, el despojo social y territorial de la mayoría de la población campo. El Estado está desarrollando una serie de políticas orientadas por la lógica de la financiarización, basado en el capitalismo industrial, desterritorialización del campesino. Este trabajo pretende reflexionar sobre los cambios en el campesino rural y la forma en que reaccionan a los cambios, haciendo hincapié en el Poço Verde / Se. La preparación se estableció la partir de una parte teórica y la investigación de campo ha sido a través de entrevistas. Las sociedades campesinas en los procesos históricos ocurrieron cambios tanto en su estructura familiar como la manera de producir y organizarse económica y también cultural, ya que tenían que asignar dentro de un nuevo orden de relaciones impuestas por la sociedad capitalista.

Palabras clave: Campesinos,  Territorialidad; Desterritorialidade; Trabajo.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Alberlene Ribeiro Oliveira, UNIVERSIDADE FEDERAL DE SERGIPE

Alberlene Ribeiro de Oliveira
Mestranda em Geografia NPGEO-UFS
Especialista em Gestão e Educação Ambiental FJAV
Pesquisadora do grupo Geoecologia e Planejamento Territorial (GEOPLAN/UFS/CNPQ)
Geocology and Territorial Planning research Group-UFS/CNPQ
Tutora de Geografia UAB/UFS
Fone: (79) 98573365
Curriculo Lattes: http://lattes.cnpq.br/5640748214583434


Downloads

Publicado

2013-04-22

Como Citar

OLIVEIRA, A. R.; PINTO, J. E. S. de S. As transformações no campo e o modo de vida camponês: (des) territorialidade no município de Poço Verde/SE - DOI 10.5216/ag.v7i1.18775. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 197–214, 2013. DOI: 10.5216/ag.v7i1.18775. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/18775. Acesso em: 24 maio. 2024.

Edição

Seção

Artigos