Impactos da reestruturação produtiva e espacial na atividade agrícola do baixo Jaguaribe-CE - DOI 10.5216/ag.v5i3.16701

Autores

  • Alexsandra M. V. Muniz UFC
  • Denise Elias UECE

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v5i3.16701

Resumo

O presente artigo constitui a análise de uma das dimensões da atual fase de expansão mundial do capitalismo, qual seja: a reestruturação produtiva e consequentemente espacial em curso. A dinâmica do desenvolvimento capitalista está provocando transformações– na economia, nas relações sociais, na política, na cultura e, no mundo do trabalho também está operando mudanças quantitativas e qualitativas. Procuramos proporcionar uma clara compreensão do instrumento lógico-conceitual em que se apóia a presente análise. Por tratar-se de uma análise multidisciplinar, a abordagem da temática exigiu o recurso a um corpo teórico que fornecesse a compreensão da realidade, tendo como referência autores não somente da geografia, como também, mantivemos diálogo com economistas e sociólogos. Buscamos assim evidenciar as especificidades do processo em curso que mais de perto afetam o processo produtivo, as relações e organização do trabalho, notadamente no espaço rural, realizando uma análise geral acerca do Paradigma de Acumulação Flexível, de modo a situar as particularidades no todo dentro do qual é definida sua presença, já que um estudo de caso desarticulado do todo é capaz de turvar a compreensão do processo real.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-27

Como Citar

MUNIZ, A. M. V.; ELIAS, D. Impactos da reestruturação produtiva e espacial na atividade agrícola do baixo Jaguaribe-CE - DOI 10.5216/ag.v5i3.16701. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 5, n. 3, p. 195–218, 2011. DOI: 10.5216/ag.v5i3.16701. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/16701. Acesso em: 21 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos