As festas à Virgem dos Anjos, a "Negrita", a Santa dos Costa-Riquenhos- DOI 10.5216/ag.v4i11.11955

Autores

  • María Carmela Velázquez Bonilla Universidad de Costa Rica.

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v4i3.16661

Resumo

Este artigo analiza a devoção em homenagem à patrona (santa) da Costa Rica, a Virgem de los Angeles. Esta devoção, particularmente, iniciou-se no vilarejo conhecido como "puebla de los pardos", situado nos arredores da capital Cartago, uma vila
formada etnicamente por descendentes de negros e índios. Posteriormente, a devoção à "la negrita", como é conhecida, começou a ocorrer também na capital dos espanhóis, Cartago. Desde então, ela continuou a se repetir ali como um evento e, gradativamente começou a se manifestar por todo o país, ganhando popularidade ao ponto de se converter na patrona (santa) de Costa Rica.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-12-25

Como Citar

BONILLA, M. C. V. As festas à Virgem dos Anjos, a "Negrita", a Santa dos Costa-Riquenhos- DOI 10.5216/ag.v4i11.11955. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 4, n. 3, p. 1–17, 2011. DOI: 10.5216/ag.v4i3.16661. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/16661. Acesso em: 15 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos