O pequi e os saberes locais dos camponeses do sertão mineiro: primeiros apontamentos - DOI 10.5216/ag.v7i1.15527

Autores

  • Marcos Nicolau Santos da Silva Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Estadual Montes Claros

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v7i1.15527

Resumo

Resumo

Este trabalho apresenta uma parte dos primeiros resultados da pesquisa de mestrado do referido autor, realizada em comunidades rurais dos municípios de Campo Azul, Japonvar e Minas Novas, sendo os dois primeiros pertencentes à área geográfica do Norte de Minas Gerais e o último localizado no Vale do Jequitinhonha. O objetivo central é analisar as estratégias agroextrativistas que complementam a agricultura camponesa dos Cerrados, enfatizando os saberes locais dos sujeitos que usam o pequi (Caryocar brasiliense Camb.) como potencial econômico. Nos locais estudados, o próprio valor econômico do pequi também tem um significado cultural que se manifesta, entre outros, nos saberes acumulados pelos camponeses e na sua relação com a natureza dos Cerrados. As etapas de realização da pesquisa ocorreram entre julho de 2009 e julho de 2010, envolvendo inicialmente visitas prévias nas áreas de estudo para escolha e identificação das mesmas e de algumas famílias rurais e, posteriormente, o trabalho de campo definitivo. Os recursos utilizados na pesquisa foram entrevistas dirigidas semi-estruturadas e gravações de áudio com famílias camponesas. A amostragem é do tipo aleatória, em que foram escolhidas 15 famílias para serem entrevistadas em cada território de estudo, totalizando 45 entrevistas. A abordagem metodológica prioritária é a qualitativa.

Palavras-chave: Pequi, sertão, camponeses, saberes locais.

 

Abstract

This work shows a part of the first results of the research of the referred author's master's degree accomplished in rural communities of the township of Campo Azul, Japonvar and Minas Novas, being the two first belonging to the geographical area of the Norte of Minas Gerais and the last located in Vale of Jequitinhonha. The central objective is to analyze the strategies agroextrativistas that complement the peasant agriculture of the Savannahs, emphasizing them local knowledge of the subjects that use the pequi (Caryocar brasiliense Camb.) as economical potential. In the studied places, the own economical value of the pequi also has been a cultural meaning that it shows, among other, in the knowledge accumulated for the peasants and in his relationship with the nature of the Savannahs. The stages of accomplishment of the research happened between July 2009 until July 2010, involving visits opinion polls initially in the study areas for choice and identification of the same ones and of some rural families and, later, the work of definitive field. The resources used in the research were interviews semi-structured and audio recordings with peasant families. Sampling is kind of random, were chosen 15 families to be interviewed in each territory of study, a total of 45 interviews. The priority methodological approach is the qualitative.

Keywords: Pequi, backwoods, peasants, know places.

 

Resumen

Este artículo presenta una parte de los primeros resultados de la investigación de maestría del autor, celebrada en las comunidades rurales de los municipios de Campo Azul, Japonvar y Minas Novas, con los dos primeros pertenecen a la zona geográfica del Norte de Minas Gerais y el último situado en Vale do Jequitinhonha. El objetivo principal es analizar las estrategias agroextractivist que complementan la agricultura campesina del Cerrados, con énfasis en el conocimiento local de los sujetos que utilizan pequi (Caryocar brasiliense Camb.) como potencial económico. En los lugares estudiados, el propio valor económico de pequi también tiene un significado cultural que se manifiesta, entre otros, en los conocimientos acumulados por los campesinos y su relación con la naturaleza del Cerrado. Los pasos de la investigación se llevó a cabo entre julio de 2009 y julio de 2010, inicialmente con visitas anteriores en las áreas de estudio para elegir y la identificación de los mismos y las familias rurales, y más tarde, el trabajo de campo final. Los recursos utilizados en la investigación fueron entrevistas semi-estructuradas y grabaciones de audio con las familias campesinas. El muestreo es de tipo aleatorio, en el que fueron seleccionadas 15 familias para ser entrevistadas en cada territorio de estudio, un total de 45 entrevistas. El enfoque metodológico es cualitativo prioridad.

Palabras clave: Pequi, sertão, los campesinos, el conocimiento local.


Downloads

Não há dados estatísticos.

Biografia do Autor

Marcos Nicolau Santos da Silva, Universidade Federal de Minas Gerais Universidade Estadual Montes Claros

Mestre em Geografia - UFMG. Professor UAB/Unimontes e do Programa de Formação Continuada em Mídias na Educação - UNIMONTES.

Downloads

Publicado

2013-04-21

Como Citar

SILVA, M. N. S. da. O pequi e os saberes locais dos camponeses do sertão mineiro: primeiros apontamentos - DOI 10.5216/ag.v7i1.15527. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 7, n. 1, p. 174–196, 2013. DOI: 10.5216/ag.v7i1.15527. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/15527. Acesso em: 18 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos