Etnoterritorialidade Quilombola de Macuco no município de Minas Novas e Chapada do Norte/Vale do Jequitinhonha-Minas Gerais, Brasil: mapeamentos e análises - DOI 10.5216/ag.v5i1.13824

Autores

  • Gerson Diniz Lima UFMG
  • Lussandra M. Gianasi UFMG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v5i1.13824

Resumo

O objetivo dessa pesquisa/extensão foi recuperar através da oralidade e dos percursos etnográficos a etnoterritorialidade dos locais de plantio das famílias, das casas, caminhos e estradas a identidade territorial da comunidade QUILOMBOLA DE MACUCO. Principalmente identificar, mapear e analisar aspectos do território atual de moradia da comunidade remanescente de quilombolas pelo percurso etnográfico, recuperando o limite do território reconhecido por eles. Como resultados foram produzidos mapas e representadas as moradias, os cultivos de verduras em canteiros e latas (contínuo), os cultivos ao redor das casas (sazonal), o cultivo em terreno solteiro (sazonal) e Pasto/Manga, definindo-se o ordenamento territorial, social, cultural dos lugares de plantio das famílias. Foram criados dois (3) mapas principais e discutidos por meio desse levantamento etnogeográfico a organização territorial e fisiográfica de Macuco. Os resultados científicos e de ação têm objetivo de contribuir para elaboração de futuros projetos de ação social e econômica para o território analisado, seja em parceria com a Prefeitura, com as ONGs e/ou com segmentos de ordem técnica do governo como a EMATER, EMBRAPA, etc.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-04-06

Como Citar

LIMA, G. D.; GIANASI, L. M. Etnoterritorialidade Quilombola de Macuco no município de Minas Novas e Chapada do Norte/Vale do Jequitinhonha-Minas Gerais, Brasil: mapeamentos e análises - DOI 10.5216/ag.v5i1.13824. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 5, n. 1, p. 37–63, 2011. DOI: 10.5216/ag.v5i1.13824. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/13824. Acesso em: 7 dez. 2022.

Edição

Seção

Artigos