Mulheres criminosas: uma discussão sobre o perfil socioespacial de mulheres infratoras na cidade de Ponta Grossa, Paraná - DOI 10.5216/ag.v5i1.13822

Autores

  • Karina Eugenia Fioravante UEPG
  • Joseli Maria da Silva UEPG

DOI:

https://doi.org/10.5216/ag.v5i1.13822

Resumo

Este artigo explora o perfil socioespacial das mulheres infratoras na cidade de Ponta Grossa, Paraná. Para tanto, utilizamos os dados coletados nos arquivos no Programa Pró-Egresso, o qual tem por finalidade atender pessoas saídas do sistema prisional, bem como, aquelas que cumprem pensas restritivas de direito. Nosso recorte temporal foram os anos de 2000 a 2007. Conseguimos perceber que as mulheres egressas, ou seja, aquelas que saíram do sistema carcerário apresentam um perfil muito similar as mulheres que cumprem penas restritivas de direito, ou seja, são pessoas jovens com baixa renda, baixa escolaridade com sua espacialidade restrita a vilas de baixa renda, encontradas geralmente na área periférica da cidade.

Downloads

Não há dados estatísticos.

Downloads

Publicado

2011-04-06

Como Citar

FIORAVANTE, K. E.; DA SILVA, J. M. Mulheres criminosas: uma discussão sobre o perfil socioespacial de mulheres infratoras na cidade de Ponta Grossa, Paraná - DOI 10.5216/ag.v5i1.13822. Ateliê Geográfico, Goiânia, v. 5, n. 1, p. 17–36, 2011. DOI: 10.5216/ag.v5i1.13822. Disponível em: https://revistas.ufg.br/atelie/article/view/13822. Acesso em: 25 jul. 2024.

Edição

Seção

Artigos