Desvios do espetáculo autobiográfico Revele!

Autores

  • João Sanches Universidade Federal da Bahia (UFBA), Salvador, Bahia, Brasil, joaoright@gmail.com

DOI:

https://doi.org/10.5216/ac.v8i1.72495

Resumo

O artigo discute as principais estratégias de desvio do espetáculo autobiográfico Revele!, encenado em Salvador nos anos de 2018 e 2019. A perspectiva teórica do trabalho baseia-se nas noções de crise do drama e desvio, formuladas respectivamente por Peter Szondi e por Jean-Pierre Sarrazac, em articulação com noções ampliadas de dramaturgia como as propostas pelos teóricos José Sanchez e Joseph Danan. O estudo ainda dialoga com o trabalho de outros artistas e teóricos como Fernando Kinas, Patrice Pavis e Erika Fischer-Lichte. O texto apresenta uma análise dos principais aspectos da referida montagem baiana que se diferenciam de poéticas tradicionais, ou de concepções estéticas majoritárias, e que são recorrentes no teatro contemporâneo, particularmente nas formas cênicas conhecidas como peça-conferência, ou conferência-espetáculo. Os desvios identificados no estudo indicam como principais estratégias dessas formas a enunciação direta para a plateia, o discurso monodramático e as tentativas de emersão do real em cena.

 

Downloads

Não há dados estatísticos.

Referências

BARSANELLI, Maria Luisa. Peças usam tom de palestra na disputa pela atenção do público. Folha de S. Paulo, 2018. Disponível em: <https://www1.folha.uol.com.br/ilustrissima/2018/10/pecas-usam-tom-de-palestra-na-disputa-pela-atencao-do-publico.shtml>. Acesso em: 26 jul. 2021.

DANAN, Joseph. O que é a dramaturgia? [S.l.]: Editora Licorne, 2012.

FÉRAL, Josette. Além dos limites: teoria e prática do teatro. São Paulo: Perspectiva, 2015.

FERNANDES, Silvia. Experiências do real no teatro. Revista Sala Preta, São Paulo, v. 13, n. 2, p. 03-13, 2013.

FISHER-LICHTE, Erika. Estética do performativo. Lisboa: Orfeu Negro, 2019.

FISHER-LICHTE, Erika. Realidade e ficção no teatro contemporâneo. Revista Sala Preta, v. 13, n. 2, p. 14-32, 2013. Disponível em: <https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/view/69073/71517>. Acesso em: 26 jul. 2021.

HEULOT, Françoise; LOSCO, Mireille. Relato de vida. In: SARRAZAC, Jean-Pierre et al. (Org.). Léxico do drama moderno e contemporâneo. Trad. André Telles. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

KINAS, Fernando. Carta Aberta: uma peça conferência, numa cidade em repouso, para um banquete público. Revista Sala Preta, São Paulo, v. 5, p. 209-214, 2005. Disponível em: < https://www.revistas.usp.br/salapreta/article/download/57280/60262/72682>. Acesso em: 26 jul. 2021.

KUNTZ, Hélène. Retrospecção. In: SARRAZAC, Jean-Pierre et al. (Org.). Léxico do drama moderno e contemporâneo. Trad. André Telles. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

LEHMANN, Hans-Thies. Teatro pós-dramático. São Paulo: Cosac Naify, 2007.

LEITE, Janaína Fontes. Autoescrituras performativas: do diário à cena. São Paulo: Perspectiva: Fapesp, 2017.

NORONHA, Jovita Maria Gerheim et al (Org.). Ensaios sobre a autoficção. Belo Horizonte: Editora UFMG, 2014.

PAVIS, Patrice. Dicionário da performance e do teatro contemporâneo. São Paulo: Perspectiva, 2017.

RAMOS, Luiz Fernando. Mimesis performativa: a margem de invenção possível. São Paulo: Annablume, 2015.

XXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXXX

SÁNCHEZ, José A. Dramaturgia en el campo expandido. In: Repensar la dramaturgia. BELLISCO, Manuel; JOSÉ CIFUENTES, María; ÉCIJA, Amparo (Ed.). Murcia: CENDEAC, 2011. p. 19-37.

SARRAZAC, Jean-Pierre et al. (Org.). Léxico do drama moderno e contemporâneo. Trad. André Telles. São Paulo: Cosac Naify, 2012.

SARRAZAC, Jean-Pierre. Poética do drama moderno: de Ibsen a Koltès. 1. ed. Trad. Newton Cunha, Jacó Guinsburg, Sonia Azevedo. São Paulo: Perspectiva, 2017.

__________. O futuro do drama: escritas dramáticas contemporâneas. Porto: Campos das Letras, 2002.

__________. Sobre a fábula e o desvio. Rio de Janeiro: 7Letras: Teatro do Pequeno Gesto, 2013.

SZONDI, Peter. Teoria do drama moderno (1880-1950). 2. ed. Trad. Raquel Imanishi Rodrigues. São Paulo: Cosac Naify, 2011.

Downloads

Publicado

2022-10-27

Como Citar

SANCHES, J. Desvios do espetáculo autobiográfico Revele! . Arte da Cena (Art on Stage), Goiânia, v. 8, n. 1, 2022. DOI: 10.5216/ac.v8i1.72495. Disponível em: https://revistas.ufg.br/artce/article/view/72495. Acesso em: 1 dez. 2023.

Edição

Seção

Temas Variados